Atlético-MG

Diniz reencontra Tchê Tchê após xingamentos públicos e pedido de desculpas

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de junho de 2021 - 06:00 - Atualizado em 26 de junho de 2021 - 06:30

O técnico Fernando Diniz reencontrará o meio-campista Tchê Tchê na partida entre Santos e Atlético-MG no próximo domingo, às 20h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Em janeiro de 2021, Diniz e Tchê Tchê protagonizaram um momento marcante na derrocada do São Paulo no Brasileirão: o treinador xingou o jogador durante a partida contra o Red Bull Bragantino.

Ainda no primeiro tempo, Fernando Diniz e Tchê Tchê discutiram e o ex-técnico tricolor chamou seu atleta de “ingrato do c…”,  “perninha do c…”, mascaradinho e ainda disse “Vai se f…”.

À época, justamente após perder por 1 a 0 para o Peixe no Morumbi, Diniz admitiu o erro.

“Foi resolvido internamente. Foi uma exposição. Já conversei com o Tchê Tchê separadamente, com o grupo e nós temos que andar para frente. Foi um erro que eu cometi em ter exposto o Tchê Tchê. Já pedi desculpas para ele e para o grupo. Acabei expondo o time pela forma como eu agi. É olhar para frente. É o momento de crescermos como time. Aquele momento serve para isso”, disse Fernando Diniz.

A relação de Fernando Diniz e Tchê Tchê é antiga e começou no Audax. Eles foram vice-campeões paulistas pela equipe de Osasco em 2016. Existe uma amizade fora de campo e também a intimidade para os xingamentos, mas o técnico admite que passou do limite.

Diniz foi demitido pelo São Paulo em fevereiro, após a queda de rendimento na reta final do Campeonato Brasileiro, e só voltou a trabalhar três meses depois, no Santos. Tchê Tchê foi negociado com o Atlético-MG em abril.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.