Esportes

Diniz reencontra Marcão tentando dar o troco por derrota em seu início no São Paulo

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de dezembro de 2020 - 06:00 - Atualizado em 26 de dezembro de 2020 - 23:45

O técnico Fernando Diniz reencontrará um velho conhecido neste sábado, às 21h (de Brasília), no Maracanã. Trata-se de Marcão, auxiliar técnico do Fluminense que assumiu o comando da equipe interinamente após a saída de Odair Hellmann para o futebol dos Emirados Árabes.

Fernando Diniz e Marcão já chegaram a trabalhar juntos no período em que Diniz passou pelo Fluminense, entre dezembro de 2018 e agosto de 2019. Nesses oito meses, o auxiliar do Tricolor carioca teve oportunidade de se aprofundar na metodologia de trabalho do ousado treinador são-paulino.

Sem sucesso no Fluminense, Fernando Diniz, enfim, viu seu trabalho deslanchar no São Paulo. Hoje líder do Campeonato Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil, o técnico do São Paulo vive o auge da sua carreira, com chances grandes de coroar a ótima temporada com um título, encerrando assim um jejum de oito anos do clube sem troféus. Contudo, no ano passado, quando ainda estava em seu início de trajetória no Morumbi, Diniz foi derrotado por 2 a 0 justamente pelo Fluminense de Marcão, que estava à beira do campo após a saída a demissão de Oswaldo de Oliveira.

Novamente assumindo o comando técnico do Fluminense devido à saída do antigo treinador, Marcão agora tem a responsabilidade de manter o grande trabalho de Odair Hellmann, que deixou o clube por causa de uma atraente proposta do futebol dos Emirados Árabes. Hellmann deixou o Tricolor carioca na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores, mas, desde sua saída, o time degringolou.

O Fluminense não vence há dois jogos, desde quando Marcão se tornou o técnico da equipe. O Tricolor carioca empatou em 1 a 1 no clássico contra o Vasco e acabou sendo derrotado pelo Atlético-GO, que também faz boa campanha neste Brasileirão, figurando na parte de cima da tabela.

Neste sábado, no Maracanã, São Paulo e Fluminense se enfrentarão vivendo realidades completamente diferentes, mas Marcão, conhecedor do trabalho de Fernando Diniz, tentará resgatar as perspectivas que haviam quando Odair Hellmann estava no comando e levar nuvens carregados para os lados do Morumbi.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.