Esportes

Diniz minimiza proposta por Jean Mota: “Santos não está em condição de se desfazer”

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de junho de 2021 - 00:33 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 01:00

O técnico Fernando Diniz não mostrou muita preocupação com a proposta do Alanyaspor, da Turquia, por Jean Mota.

Como a Gazeta Esportiva publicou, a oferta é boa em termos de salário para Jean, mas não empolga a diretoria do Santos. Se os números não forem elevados, a resposta deve ser “não”.

A proposta do clube turco é de cerca de R$ 3,5 milhões, inferior aos R$ 5 milhões do Bahia em 2019 e R$ 4,5 milhões do Fortaleza em 2020. E o Alvinegro ficaria com 80% do valor – o Fortaleza tem 20% dos direitos econômicos.

“É normal jogadores terem proposta. É uma situação que eu não me preocupo. Santos não está em condição de se desfazer do jogador, a não ser por algo que valha muito a pena. Não estou pensando. A tendência é que os que se destaquem recebam propostas. Já perdemos muitos titulares desde a última temporada”, disse Diniz.

O problema para o Santos é que Jean Mota tem contrato apenas até junho de 2022 e poderia assinar um pré-acordo com qualquer equipe a partir de janeiro. O meia se animou com o salário proposto pelo Alanyaspor, mas não quer deixar o Peixe na mão.

Jean tem 27 anos e chegou ao Santos em 2016. O atleta viveu altos e baixos e hoje é titular e destaque sob o comando de Diniz. O Santos não quer se desfazer do jogador por qualquer preço.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.