Esportes

Demissão de Crespo ainda não é cogitada pela diretoria do São Paulo

O tricolor paulista ainda não venceu após nove rodadas do Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva
Demissão de Crespo ainda não é cogitada pela diretoria do São Paulo
(Foto: Reuters)

5 de julho de 2021 - 12:56 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 13:24

A diretoria do São Paulo se reuniu com o técnico Hernán Crespo no CT da Barra Funda nesta segunda-feira (5) para cobrar uma reação no Campeonato Brasileiro. Após nove rodadas, o time ainda não venceu na competição e figura na zona de rebaixamento, com apenas cinco pontos. A informação foi publicada inicialmente pelo ge e confirmada pela Gazeta Esportiva.

Hernán Crespo, que desfalcou o São Paulo nos últimos jogos por causa da covid-19, voltou à rotina de trabalho nesta segunda, após dez dias de isolamento. O treinador tem a missão de apresentar alternativas em meio ao momento mais delicado que já viveu desde que chegou ao Morumbi.

O que vem gerando preocupação na alta cúpula tricolor é o fato de o elenco, que venceu o Campeonato Paulista derrotando o Palmeiras na final, aparentemente ter perdido a confiança com os recorrentes resultados negativos. O padrão de jogo mostrado no Estadual também não vem sendo exibido no Brasileirão.

Por enquanto, a diretoria não pensa em demissão, mas a pressão nos bastidores é grande. O título paulista dá mais respaldo para que Hernán Crespo possa tocar o trabalho. O longo período em que Fernando Diniz ficou à frente da equipe, mesmo colecionando uma série de eliminações para clubes pequenos, é outro fator para que o treinador argentino conte com mais paciência por parte da alta cúpula são-paulina.

Enquanto Crespo esteve fora, se recuperando da covid-19, o auxiliar técnico Juan Branda foi o responsável por comandar o time no Brasileirão, mas realizou substituições questionáveis nesses três jogos, sobretudo contra o Corinthians e Red Bull Bragantino.

Nesta quarta-feira, o São Paulo terá mais uma prova de fogo no Brasileirão, contra o Internacional, um dos postulantes ao título, no Beira-Rio, e entrará em campo mais pressionado do que nunca para conquistar sua primeira vitória no torneio.

O confronto com o Colorado será o último jogo de Daniel Alves antes de se apresentar à Seleção Olímpica para os Jogos de Tóquio. Miranda, com uma mialgia na panturrilha esquerda, vem fazendo tratamento para tentar reunir condições de jogo e viajar para Porto Alegre. Reinaldo e Rigoni, que também geraram preocupação contra o Red Bull Bragantino, estão bem e trabalharam normalmente nesta segunda-feira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.