Bahia

De olho no G4, Bragantino visita o Bahia buscando recuperação no Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de setembro de 2021 - 20:00 - Atualizado em 17 de setembro de 2021 - 20:16

Sem vencer há duas partidas, o Red Bull Bragantino vai em busca de uma recuperação no Campeonato Brasileiro neste sábado, quando visita o Bahia, pela 21ª rodada. A bola rola no gramado da Arena Fonte Nova a partir das 21 horas (de Brasília).

E uma vitória neste duelo é fundamental para o Massa Bruta. No momento, os visitantes estão na quinta colocação, com 32 pontos, apenas um a menos que o Fortaleza, primeiro time dentro do G4. Além disso, em caso de revés, o clube pode ser ultrapassado pelo Corinthians, que tem 29.

Para conquistar os três pontos longe de casa, porém, os paulistas terão que superar a ausência de alguns atletas. Praxedes e Artur estão suspensos, Fabrício Bruno foi liberado por motivos pessoais, e Lucas Evangelista, Raul, Rafael Luiz, Leandrinho e Bruno Tubarão estão lesionados. Em compensação,  Aderlan e Jadsom, que estavam suspensos na última rodada, estão de volta.

Além disso, a tendência é que o técnico Maurício Barbieri poupe alguns de seus principais jogadores. Isso porque o Massa Bruta encara o Libertad, do Paraguai, nesta quarta-feira, pela ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Do outro lado, o Bahia conta com um trunfo para vencer. Trata-se da Arena Fonte Nova. O time voltará a atuar no estádio, que serviu de hospital de campanha para o combate à covid-19, depois de quase sete meses. O último jogo no local foi em 25 de fevereiro, pelo Brasileirão de 2020.

Para tentar reestrear com o pé direito na arena, o Tricolor não poderá contar com o zagueiro Conti, suspenso, e o meia Thonny Anderson, que pertence ao Bragantino.

A equipe do técnico Diego Dabove ocupa a 15ª colocação do Nacional, com 22 pontos, apenas um a mais que o América-MG, primeiro dentro da zona do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

BAHIA X RB BRAGANTINO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 18 de setembro de 2021

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires

VAR: Elmo Alves Resende Cunha

BAHIA: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Gustavo Henrique (Lucas Fonseca), Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo e Mugni; Isnaldo, Oscar Ruiz, Rodallega e Gilberto.

Técnico: Diego Dabove

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz (Léo Realpe), Natan e Luan Cândido; Emiliano Martínez (Jadsom), Eric Ramires e Vitinho; Helinho, Cuello (Pedrinho) e Gabriel Novaes (Alerrandro).

Técnico: Maurício Barbieri