Esportes

Daniel Alves se junta à Seleção Olímpica: “Me sinto um garoto”

Gazeta
Gazeta Esportiva

8 de julho de 2021 - 21:02 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 21:15

A Seleção Olímpica está quase completa. Nesta quinta-feira, nove jogadores convocados por André Jardine se juntaram ao grupo em São Paulo para a sequência de preparação antes da estreia nos Jogos Olímpicos. O último a chegar foi Daniel Alves, do São Paulo, que se apresentou no período da tarde.

O lateral de 38 anos é o atleta mais velho do elenco. Logo na chegada, o veterano falou sobre o sonho de somar uma medalha ao seu currículo e da motivação para o desafio.

“Eu me sinto como um garoto, até mais do que eles (risos). Não podemos nunca parar de sonhar. Estar aqui nesse desafio tão novo para mim é muito especial. Eu sempre terei muito orgulho de representar o meu país. Isso me motiva, sempre”, afirmou.

Dani Alves foi titular do São Paulo na vitória por 2 a 0 sobre o Internacional, na quarta-feira, no Beira-Rio. Sendo assim, o lateral-direito fez apenas atividades regenerativas e de recuperação na Academia de Futebol, CT do Palmeiras.

Outros atletas que entraram em campo por suas equipes pelo Brasileirão, como Matheus Henrique, Gabriel Menino, Nino e Guilherme Arana, também não participaram do treino no gramado.

Até o momento, 17 jogadores já se apresentaram à Seleção Olímpica. Nesta sexta-feira, o zagueiro Ricardo Graça, anunciado como o substituto de Gabriel Magalhães, também integrará o grupo. Já Gabriel Martinelli, Bruno Guimarães, Richarlison e Douglas Luiz se juntam à delegação na segunda etapa da preparação. Os dois últimos estão com a equipe principal, que enfrenta a Argentina no sábado, às 21 horas (de Brasília), pela final da Copa América.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.