Esportes

Cuquinha elogia 1º tempo ‘primoroso’ do Santos e diz: “Podíamos não ter corrido risco”

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de dezembro de 2020 - 22:36 - Atualizado em 1 de dezembro de 2020 - 22:45

Comandante do Santos nesta terça-feira, Cuquinha elogiou o primeiro tempo na derrota por 1 a 0 para a LDU (EQU), na Vila Belmiro, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores da América.

O Peixe desperdiçou chances, sofreu um gol e correu risco até o fim. Alvinegro e se classificou em função do 2 a 1 em Quito e do gol qualificado.

“Até o gol era jogo controlado, com pouco risco. Primeiro tempo foi primoroso, parabenizei eles pelo primeiro tempo. E depois de um gol é difícil, dá medo, qualquer bola gera perigo. Classificação foi conquistada no primeiro jogo e no primeiro tempo de hoje. No geral, time não correu muito risco. Tivemos muitas chances, cinco, seis, sete oportunidades no primeiro tempo. Podíamos não ter corrido risco no segundo tempo. Jogo se tornou perigoso. Depois do gol, jogaram por uma bola. Tudo faz parte. Jogamos 180 minutos e fomos melhores que a LDU. Temos que valorizar. Jogo de igual para igual lá, nós melhores no primeiro tempo aqui. É tirar lições para o próximo mata-mata”, disse Cuquinha.

“No segundo tempo controlamos até o gol. E no primeiro tempo controlamos. Até paramos achando que estava impedido, não podemos parar. John não pegou uma bola difícil. Perigo era bola alçada. Depois do gol, qualquer lance é perigoso. Se tomar gol fica fora, só por isso”, completou.

Cuquinha dirigiu o Santos em função de confusão nos testes de covid-19 de Cuca. Com PCR positivo, a Conmebol vetou o técnico da decisão mesmo sem poder infectar alguém ou ter algum sintoma. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.