Esportes

Cuca valoriza minutagem para jovens do Santos: “Serão grandes jogadores”

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de janeiro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 22 de janeiro de 2021 - 16:15

O Santos perdeu por 2 a 0 para o Fortaleza no Castelão, mas o técnico Cuca ao menos teve um fato para comemorar: as chances aos Meninos da Vila.

Guilherme Nunes e Marcos Leonardo, pouco utilizados na temporada, foram titulares. Lucas Lourenço, Ângelo e Tailson entraram no segundo tempo. Os demais atletas da base foram João Paulo, Sandry, Arthur Gomes e Wagner Leonardo.

“Tínhamos 21 jogadores com 16 formados na base. Média de idade de 22 anos. Apesar da derrota, grupo é trabalhado para o futuro. É um plantio para vir a colheita. Por esse motivo, saímos felizes mesmo com a derrota”, disse Cuca.

“O mais importante hoje, já que não veio o resultado, é dar minutagem para meninos. Marcos Leonardo, Ângelo, Palha, Marcos Leonardo. Enfim, todos que jogaram. Não é falta de foco. A Libertadores deles é esse campeonato, uma maravilha o menino disputar Campeonato Brasileiro. É falta de conjunto, sim, são meninos. 16 dos 21 são crias da base e vão desempenhar ao natural. Não dá para cobrar de meninos de 16 ou 17, como Marcos Leonardo, que resolvam. Estão se encaminhando. Serão grandes jogadores”, completou o técnico.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Goiás no domingo, na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Brasileirão. O Peixe roda o elenco antes da final da Libertadores da América contra o Palmeiras no dia 30, no Maracanã.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.