Esportes

Cuca explica ‘comemoração de campeão’ no Santos após clássico: “Demos a volta por cima”

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de fevereiro de 2021 - 22:44 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 23:45

O técnico Cuca explicou a “comemoração de campeão” do Santos após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo adiado da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Peixe fez muita festa no vestiário após uma reunião no centro do gramado.

“Muita gente fala que estamos comemorando como campeão, mas não é para menos. Dor da Libertadores é muito grande, procurando aceitar o que aconteceu. E depois da perda, tínhamos tudo para esmorecer. Perdemos Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Kaio Jorge, Soteldo, Laércio. E hoje a gente coloca uma meninada. Empatamos com Grêmio e Atlético-GO… Vencemos o Coritiba e hoje um clássico que era uma decisão. Normal uma comemoração tão grande. Não está definida a vaga na Libertadores, mas se aproximou. Eles merecem e que a gente possa definir no domingo”, disse Cuca.

“Todo mundo trabalha, mas é o algo a mais. A luta e entrega como vimos hoje, esse espírito. Esses meninos têm qualidade, e com esse espírito e compromisso que têm com o clube, é gostoso ver eles cantarem o hino do clube. Quando estiverem mal, torcedor tem que lembrar disso e perdoar. Vida é assim, há bons e maus momentos. Demos a volta por cima e estamos perto de completar a temporada na Libertadores. Ainda não conseguimos, precisamos vencer um dos dois jogos”, completou.

O treinador falou mais sobre o papo com os atletas e valorizou o triunfo diante do rival.

“A gente lembrou do Grêmio, Boca e hoje. Agradecemos a Deus. Lembrei ali de como têm sido grandes de perder Libertadores aos 53 minutos do segundo tempo e em três dias ter jogo contra um Grêmio descansado. Jogo com muita intensidade e cheio de desfalques. Dei parabéns falando dessa gana, dessa vontade de mostrar que podem reverter situação dolorosa. Empatamos dois fora e vencemos dois. Dei os parabéns em cima disso”, afirmou.

“Hoje era um campeonato, não um jogo comum. Santos e Corinthians é um jogo para jogar tudo. E eles jogaram tudo. Há diversas belezas no jogo, como a entrega, marcação forte no segundo tempo e saída em velocidade. Gostei muito do segundo tempo, mereceram vencer”, concluiu.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Fluminense no domingo, na Vila Belmiro, pela 37ª rodada do Brasileirão. Em nono, o Peixe pode confirmar a vaga na Pré-Libertadores.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.