Esportes

Cuca, do Santos, é transferido para unidade semi-intensiva em São Paulo

Gazeta
Gazeta Esportiva

12 de novembro de 2020 - 19:09 - Atualizado em 12 de novembro de 2020 - 20:15

Cuca foi transferido para a Unidade Semi-Intensiva do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na noite da última quarta-feira. O técnico do Santos está com covid-19.

De acordo com a apuração da Gazeta Esportiva junto ao hospital, o fato é preventivo. Cuca tem sintomas há quase uma semana e, nesse estágio, as dores e complicações costumam ser maiores, até que há a regressão do quadro.

Na Unidade Semi-Intensiva, Cuca passa a ter monitoramento 24 horas. Ele não tem mais febre, mas lida com a pneumonia, considerada normal na recuperação do novo coronavírus, além da falta de ar e dor de cabeça. O profissional de 57 anos foi diagnosticado com covid no sábado.

Essa quinta foi melhor para o treinador em relação à quarta, mas ainda não há previsão de voltar para o quarto e nem de alta médica.

Cuquinha

Auxiliar e irmão de Cuca, Cuquinha foi internado no Hospital Constantini, em Curitiba. O processo é semelhante ao de Cuca: a prevenção por se tratar de um paciente com histórico de problema no coração. Cuquinha teve sintomas semelhantes, como febre e falta de ar.

Além de Cuca e Cuquinha, o auxiliar Eudes Pedro está com covid-19. Ele, porém, está assintomático. 10 jogadores lidam com o novo coronavírus: Alison, Alex, Diego Pituca, Jean Mota, João Paulo, Jobson, Lucas Veríssimo, Madson, Sandry e Vladimir.

O Santos deve ser dirigido pelo auxiliar Marcelo Fernandes e pelo preparador físico Omar Feitosa contra o Internacional neste sábado, às 16h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

]