Esportes

Cuca destaca polivalência de Marinho e vê atleta valorizado: “Bom para nós e para ele”

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de setembro de 2020 - 09:00 - Atualizado em 14 de setembro de 2020 - 09:15

Em sua nova passagem pelo comando do Santos Futebol Clube, Cuca tem Marinho como principal jogador. Após o empate contra o São Paulo, assegurado justamente pelo camisa 11, o treinador destacou a polivalência do atleta para atuar em diferentes posições do ataque.

“Um atleta profissional como ele, quando se intitula como ponta direita, tem um preço. Agora, quando é ponta direita, falso 9 e ponta esquerda, tem outro valor. O mercado busca jogadores que sejam polivalentes e ele está trabalhando assim. Não tem entrado só na ponta direita”, disse Cuca.

Com Marinho desgastado fisicamente, o técnico pretendia poupá-lo para a Copa Libertadores, mas, vendo o Santos em desvantagem contra o São Paulo, resolveu mudar de ideia. O camisa 11 substituiu Carlos Sanchez durante o segundo tempo e, em cobrança de falta, contou com falha de Tiago Volpi para empatar.

“Quarta-feira (contra o Atlético-MG), ele fez gol de centroavante e, aqui, lá da meia. Tem buscado bem essas situações e melhorado o nível de entendimento do jogo. Não só pelo lado do campo, mas também por dentro. Isso é muito bom para nós e para ele, principalmente”, apontou Cuca.

Às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira, pela terceira rodada da Copa Libertadores, o Santos volta a campo para enfrentar o Olímpia, novamente na Vila Belmiro. Com seis pontos ganhos, o time comandado por Cuca ocupa a liderança do Grupo G do torneio continental.

Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o rival será o Botafogo a partir das 18h15 do próximo domingo, no Engenhão. O venezuelano Soteldo, advertido com o terceiro cartão amarelo no empate contra o São Paulo, é desfalque certo para Cuca no Rio de Janeiro.