Cruzeiro

Cruzeiro empata com o Cuiabá e vê a Série A ficar cada vez mais distante

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de dezembro de 2020 - 22:25 - Atualizado em 30 de dezembro de 2020 - 00:00

Nesta terça-feira, o Cruzeiro recebeu o Cuiabá no Independência e empatou por 0 a 0, em jogo válido pela 32ª rodada Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa encontrou muita dificuldade para criar situações de perigo em campo e viu o acesso ficar ainda mais distante. No momento, a distância dos mineiros para o primeiro time dentro do G4 é de oito pontos.

Com o resultado, o Cruzeiro foi aos 41 pontos, na 11ª colocação. Na próxima rodada, o time terá pela frente o Sampaio Corrêa, fora de casa, no dia 8 de janeiro. Enquanto isso, o Cuiabá chegou aos 51 pontos, na terceira posição. O próximo compromisso da equipe é contra o Juventude, em casa, no dia 5 de janeiro.

O primeiro tempo foi sonolento e com poucas chegadas no ataque. Aos 30 minutos, Marcinho fez fila pela direita, invadiu a área e tocou de calcanhar para trás. Pierini chegou batendo e Manoel tirou da direção do gol, evitando que o Cuiabá abrisse o placar.

A primeira chance do Cruzeiro na partida veio no início do segundo tempo. A zaga do Cuiabá se atrapalhou e a bola ficou oferecida para Arthur Caíke, que finalizou em cima do goleiro. Apesar dessa ameaça, o ímpeto ofensivo da Raposa murchou e o time não conseguiu mais incomodar os visitantes, complicando-se de vez na Série B.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 0 X 0 CUIABÁ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 29 de dezembro de 2020, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Cartões amarelos: Adriano, Felipão, Manoel (Cruzeiro); Alexandre Melo, Jenison, Matheus Barbosa (Cuiabá)

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Machado, Giovanni; Arthur Caíke (Airton), William Pottker e Rafael Sobis (Thiago)

Técnico: Felipão

CUIABÁ: João Carlos; Lucas Ramon, Ednei, Anderson Conceição e Alexandre Melo (Kunde); Nenê Bonilha, Matheus Barbosa, Pierini; Marcinho (Willians Santana), Felipe Marques (Maxwell) e Elton (Jenison)

Técnico: Allan Aal

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.