Esportes

Crítico do calendário, Abel Ferreira terá mais tempo para treinar com o fim do Paulista

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de maio de 2021 - 06:00 - Atualizado em 26 de maio de 2021 - 06:15

Desde que chegou ao Palmeiras, Abel Ferreira tem encabeçado o movimento de críticas ao calendário brasileiro, que ficou ainda mais apertado nesta temporada. Agora, com o término do Campeonato Paulista, o português terá mais tempo para treinar e recuperar os seus jogadores.

Por conta da nova paralisação neste primeiro semestre, as partidas do estadual congestionaram o planejamento das equipes, que tiveram que entrar em campo constantemente a cada 48 horas. Após a final contra o São Paulo, os jogadores ganharam um dia de folga antes de se reapresentarem na terça-feira, algo que era inviável até a semana passada.

Nesta quinta-feira, o Palmeiras também fará o último jogo pela fase de grupos da Libertadores, contra o Universitario-PER, no Allianz Parque, às 19h. Depois do confronto, a equipe só voltará a entrar em campo pela competição continental em julho.

No domingo, o Verdão fará o sua estreia no Campeonato Brasileiro. A partida será contra o Flamengo, no Maracanã, às 16h. Quatro dias depois, os comandados de Abel iniciam a sua caminhada na Copa do Brasil, contra o CRB, fora de casa, às 21h30.

A última vez em que Abel criticou abertamente o calendário do futebol brasileiro foi após a vitória por 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia, pela Libertadores, no início de maio.

“Temos 24 horas para preparar cada jogo. Já falamos o que significa o Paulista. Muita gente critica nossas escolhas, mas, infelizmente, não controlamos a pandemia e não temos culpa de fazer dois jogos em três dias. Portanto, temos que priorizar competições. Vamos lutar todos os jogos sabendo que jogadores que jogam hoje não entram em campo daqui a dois dias”, disse o técnico na ocasião.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.