Atlético-GO

Cristóvão Borges tem seu trabalho detonado pelo presidente do Atlético-GO

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Cristóvão Borges tem seu trabalho detonado pelo presidente do Atlético-GO

27 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de fevereiro de 2020 - 00:00

Cristóvão venceu cinco dos sete jogos à frente do Atlético-GO (Foto: Reprodução/ Atlético Goianiense)

Demitido após sete jogos e apenas uma derrota à frente do Atlético Goianiense, Cristóvão Borges não foi poupado de críticas pelo presidente do Dragão, Adson Batista, que detonou seu trabalho.

“O Cristóvão não enxerga o fisiologista da forma que precisa. Outras coisas eu não vou expor aqui. É um cara do bem, mas que não abre mão dos conceitos dele. Vou respeitar, mas tenho o direito de buscar um perfil diferente”, disse Adson.

O treinador foi contratado em janeiro deste ano e teve bom aproveitamento, com cinco vitórias, um empate e uma derrota. Nestas sete partidas, o rubro-negro goiano marcou 16 gols e sofreu dois.

“Você só conhece o profissional no dia a dia. As informações são muito por amizade. Ele tem perfil tranquilo, que não é de ter cobrança firme, de estar pegando o jogador a todo momento e buscando tirar o máximo. Leva os caras de uma maneira muito light. Eu enxergo diferente. Quero intensidade em todos os sentidos. Preciso de um profissional que tire o máximo e não um que “deixa a vida me levar, vida leva eu””, completou o mandatário.

Em 2020, o Atlético-GO terá as disputas do Campeonato Goiano, que hoje é líder, a Copa do Brasil e a Série A do Campeonato Brasileiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.