Bastidores

Cristiano Ronaldo se revolta com gol não marcado a favor de Portugal: “Uma nação inteira prejudicada”

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de março de 2021 - 20:03 - Atualizado em 27 de março de 2021 - 21:15

Portugal e Sérvia entraram em campo neste sábado, em partida válida pelas Eliminatórias Europeias. As duas equipes ficaram no empate, por 2 a 2. Ainda assim, os lusitanos saíram com gosto de derrota após um lance polêmico no minuto final.

Portugal abriu o marcador e ampliou a vantagem no primeiro tempo, duas vezes com Diogo Jota. A Sérvia correu atrás do empate e igualou os números na metade final, com Mitrovic e Kostic.

No último minuto de jogo, Cristiano venceu o goleiro e tocou para o fundo do gol – o zagueiro adversário chegou no carrinho tentando impedir a bola de entrar. Sem VAR na partida, o árbitro mandou o jogo seguir e causou indignação no artilheiro português.

“Ser capitão da Selecção de Portugal é um dos maiores orgulhos e privilégios da minha vida. Dou e darei sempre tudo pelo meu país, isso não vai mudar nunca. Mas há momentos difíceis de lidar, principalmente quando sentimos que está uma nação inteira a ser prejudicada. Levantar a cabeça e encarar já o próximo desafio! Força, Portugal!”, publicou em suas redes sociais.

Cristiano deixou o campo irritado, atirando a braçadeira de capitão no gramado. Correndo risco de ser expulso, o gajo se direcionou para fora de campo antes mesmo do apito final.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.