Esportes

Cristiano Ronaldo deixa concentração de Portugal e retorna à Itália para ficar em quarentena

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de outubro de 2020 - 10:47 - Atualizado em 14 de outubro de 2020 - 11:00

Cristiano Ronaldo deixou a concentração da seleção portuguesa nesta quarta-feira para retornar à Turim, cidade sede da Juventus na Itália, onde irá passar por quarentena. A informação é do jornal Marca.

Na quarta-feira, foi confirmada a notícia de que o craque testou positivo para a covid-19 e, portanto, se tornou desfalque para a partida de Portugal desta quinta, contra a Suécia, pela Liga das Nações.

O retorno à Itália é uma manobra de CR7 para driblar os protocolos de saúde da Uefa. Se ele permanecesse em seu país natal, onde estava concentrado com a seleção, a lei nacional o obrigaria a realizar quarentena de 14 dias. Dessa forma, ele não seria liberado a tempo de atuar pela Juve no confronto contra o Barcelona, marcado para o dia 28 de outubro, na estreia da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Já em solo italiano, a obrigatoriedade é de quarentena de apenas 10 dias, o que dará ao jogador a possibilidade de estar presente no duelo. De acordo com o protocolo da Uefa, um atleta deve apresentar resultado negativo ao teste do coronavírus pelo menos uma semana antes da partida a ser disputada.