Bastidores

Crespo diz como vai lidar com legado deixado por Diniz: “Podemos somar coisas”

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de fevereiro de 2021 - 05:00 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 14:00

Hernán Crespo terá a tarefa de saber aproveitar o legado deixado por Fernando Diniz no São Paulo. Ao longo de sua carreira como treinador, o argentinou esteve à frente de equipes com algumas características semelhantes às dos times de Fernando Diniz, e poderá usar isso a seu favor para ganhar tempo, mas nesta quarta-feira, em sua apresentação, também deixou claro que promoverá mudanças.

“Seguramente vamos aproveitar o trabalho feito por Fernando [Diniz], porque é um trabalho importante, merece muito respeito. Cada um tem sua forma de conduzir e de ver o futebol, creio que podemos somar coisas ao trabalho já feito para poder dar um passo a mais em uma contrição feita há mais de um ano. Muitas coisas estão boas e muitas coisas trataremos de fazer algo novo”, afirmou Crespo.

Além da parte tática, Hernán Crespo chega ao Morumbi para também dar um jeito na parte emocional do elenco. Na atual temporada, o São Paulo acabou sendo eliminado em todas as competições que disputou, chegou a liderar o Brasileirão com sete pontos de vantagem para o segundo colocado, mas acabou caindo para o quarto lugar na tabela. Mudar essa resposta do time em momentos decisivos será um dos grandes desafios do argentino no Tricolor.

“Muitas vezes é preciso olhar para trás, o São Paulo é grande com toda a sua história, mas há temporadas complicadas, difíceis. Não sou eu quem vai julgar o último trabalho feito, está claro que o São Paulo estava em primeiro [no Brasileirão] e que foi eliminado de outras competições. Há motivos para acontecer o que aconteceu”, comentou.

“Minha intenção é manter um rendimento constante, alto, uma equipe competitiva. Vamos necessitar do apoio de todos os jogadores do elenco, porque há uma quantidade enorme de partidas, isso requer muito esforço mental e físico. Necessitamos que o plantel seja competitivo. Com isso, vamos ser competitivos em todos os torneios, mantendo a linha, a identidade, a paciência para construir algo que possa durar com o tempo e dar grandes satisfações. É isso que posso garantir”, concluiu o novo treinador do São Paulo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.