Bastidores

Craque do Lyon, Depay lamentou a demissão de Sylvinho em 2019: “Trouxe paixão para o time”

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de maio de 2021 - 07:00 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 17:15

A busca do Corinthians por um técnico chegou ao fim neste domingo, quando o clube oficializou Sylvinho. Porém, o ex-jogador só teve apenas uma experiência como técnico principal – em 2019, com o Lyon, equipe francesa. Demitido na ocasião, o atacante Depay lamentou a saída do brasileiro.

Em busca da primeira experiência como treinador profissional, após colecionar trabalhos como assistente, Sylvinho assumiu o Olympique Lyonnais em 2019. Na época, o clube não vivia um bom momento e o brasileiro pagou caro.

Sylvinho foi sacado após três meses de trabalho – foram 11 jogos, três vitorias, quatro empates e quatro derrotas. Revelação e destaque do clube, o atacante Memphis Depay lamentou a demissão do técnico na época.

“Queria dizer que a decisão de demitir Sylvinho, nosso treinador… bom, não foi culpa dele se nós obtivemos os resultados ruins nas partidas. Continuo dizendo que é a equipe, é responsabilidade do time”, declarou para a L’Equipe du Soir.

“Sinto muito por ele ter sido sacrificado porque acho que ele trouxe paixão para o time, uma nova maneira de pensar, um novo estado de espírito. Mas leva tempo para mudar as coisas no clube. Me sinto mal por ele, mas espero que faça grandes trabalhos no futuro”, concluiu.

Sylvinho deve chegar na Europa nesta semana para assumir o Corinthians. A equipe entra em campo na quarta-feira, às 21h30, contra o River Plate-PAR.

Já eliminado da Copa Sul-Americana, Sylvinho tem a missão de preparar a equipe para a estreia do Campeonato Brasileiro e a sequência no mata-mata da Copa do Brasil – ambos eventos diante do Atlético-GO.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.