Atletismo

Bora treinar! Paranaense Paola Carrijo revela alguns segredos sobre conciliar vida, treinos e provas 

Influenciadora e triatleta curitibana conta com exclusividade para o Corra Mais sobre sua rotina de treinos, sua transição da corrida para o triathlon e dá dicas valiosas para quem quer conciliar vida e esporte em 2020 

Angelo
Angelo Binder
Bora treinar! Paranaense Paola Carrijo revela alguns segredos sobre conciliar vida, treinos e provas 
reprodução Instagram Paola Carrijo

20 de janeiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 20 de janeiro de 2020 - 00:00

Comando News – Quem consome conteúdo sobre esportes, beleza e qualidade de vida no  Instagram já deve ter ouvido falar da Paola Carrijo. A curitibana já soma 150 mil seguidores no seu perfil www.instagram.com/paolacarrijo. A triatleta e assessora jurídica, começou a produzir conteúdo digital em 2017. De lá para cá, além de muitos seguidores, Paola conquistou resultados com o esporte que vão muito além de um corpo perfeito e de um abdômen trincado. 

Para inspirar você a correr mais em 2020, conversamos com ela para saber um pouco mais sobre como a atleta planeja seus treinos, escolhe as provas que vai participar e como concilia sua vida pessoal e profissional.      

View this post on Instagram

Um dos dias mais feliz da VIDAAAAAA! Jurooooo por Deus! O treino começou cedo, às 05:30, e era a primeira transição longa de preparação para o Ironman 70.3! Diferente dos longões de corrida, que já estou mais acostumada, hoje tinha um grande desafio pela frente: fazer duas horas de bike, clipada (usando a sapatilha que encaixa no pedal). Comecei com chuva e pretendia parar a cada 30 minutos para hidratar (não, ainda não consigo andar de bike e tomar água – tudo a seu tempo ?), mas resolvi fazer direto! Não cair durante o treino hoje era fundamental para o meu psicológico e meu receio era justamente na hora de desclipar! Rodei duas horas sem parar, 56 km no secooooo – só com a água da chuva -, mas fiquei numa felicidade que não sei nem explicar! CONSEGUI, real! E depois ainda teve transição para a corrida, com mais 10 km (pace de 04:45 min/km) e a perninha pegando fogo de fadiga! Um total de 02:47h de treino e agora dá para ir para a praia de cabeça tranquila!!!!!! FELICIDADE DEFINE! E por aí, como começou o sábado?! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #InstaRunners #Running #Triathlon #TriathlonBrasil #SwimBikeRun

A post shared by Paola Carrijo (@paolacarrijo) on

Corra Mais – Como você escolhe as provas que você vai participar no ano? Você planeja seu calendário de provas com antecedência? 

Paola – Escolho as provas com base naquilo que faz o meus olhos brilharem! Sabe quando você vê alguma prova, alguém contando uma experiência de corrida e se imagina naquele lugar? Então, esse é o meu método. Mas, de modo geral, costumo escolher provas-alvo mais longas e que exijam maior tempo de preparação, a exemplo de uma Maratona. A partir dela, junto com meu treinador, encaixo outras provas de corrida de rua que sou fã ou que gostaria de conhecer!
Com minha atividade nas mídias sociais, também aparecem muitos convites para fazer provas legais e que, por consequência, se tornam meu alvo. Isso aconteceu em 2018, por exemplo, quando meses depois de lesões bem sérias, fui convidada para fazer a Maratona de Nova York.

Corra Mais- Quais são as principais dicas para conciliar os treinos com a vida pessoal e profissional? 

Paola – Ao contrário do que muitos pensam, exercício físico não é sinônimo apenas de estética. Ele está totalmente ligado a sua produtividade e, em se tratando de vida profissional, fatalmente estamos preocupados em ter um bom desempenho, em render mais, em ter mais foco e disposição. Ainda mais com a crescente dinamicidade do mercado de trabalho que exige, cada vez mais, criatividade, inovação e diferencial dos profissionais! 

Em relação à vida pessoal, quando aderimos à prática esportiva, e quando isso realmente é nossa paixão, nos aproximamos de pessoas com gostos similares. Se seu círculo de relacionamentos não é formado por atletas – e não digo atletas visando performance, mas toda e qualquer pessoa que gosta de suar a camisa vez ou outra – essa é uma ótima oportunidade de você exercer seu poder de convencimento e levar seus familiares e amigos para treinar! Se isso não for possível, também se abre uma grande brecha para você conhecer gente nova! Passe a frequentar mais os parques, academias e, quem sabe, uma assessoria esportiva!

Para manter uma maior constância na prática do esporte é  interessante que você escolha horários que melhor se enquadrem à sua rotina. Faça testes se você prefere correr pela manhã ou à noite, por exemplo. Tente encaixar isso de uma forma que tudo seja mais leve e prazeroso. Muitos pecam pelo extremismo, porque querem começar a treinar e acreditam que precisam abdicar de todo o resto! Na verdade, “treinar” é um complemento de tudo e pode perfeitamente se encaixar nos demais compromissos. O tempo e frequência podem ser delimitados por você, de acordo com a sua vontade e disponibilidade. O importante é se movimentar, seja por trinta minutos, três vezes na semana, seja por duas horas todos os dias. Isso varia de acordo com condicionamento e objetivos!

Corra Mais -Recentemente, você fez uma transição da corrida para o triathlon. Qual foi a sua principal motivação para se desafiar em uma nova modalidade?

Paola – Minha transição aconteceu graças a um convite para participar de um reality de uma  emissora de televisão. A partir desse convite tive dois meses para me preparar para uma prova de triathlon, na modalidade sprint.
Sou fã de desafios, gosto muito de testar minhas próprias capacidades e habilidades, mas o que realmente me impulsionou a topar esse desafio foram dois fatos: o primeiro que não sabia andar de bicicleta (e estava mais do que na hora de aprender com 31 anos de idade) e o segundo que sempre tive o sonho de fazer uma prova de Ironman.
Eu amo a corrida, já participei de cinco maratonas, mas nunca tive vontade de fazer uma distância acima de 42 kms. Agora, o desafio do Ironman, que contempla grandes distâncias em três modalidades diferentes (natação, ciclismo e corrida) sempre fez meu coração bater mais rápido. 

Corra Mais – Você tem alguma dica para quem quer encontrar um espaço no dia-a-dia para começar a correr, ou praticar qualquer outro esporte com regularidade, em 2020?

Paola – Encontre o seu melhor horário. Descubra se você é uma pessoa matutina, vespertina ou noturna. Eu amo treinar de manhã e prefiro acordar antes das cinco para treinar do que ir à academia de noite, por exemplo. Me sinto mais viva, mais produtiva, mais feliz e com a sensação de dever cumprido! Muitas pessoas são o oposto e gostam de treinar no final do dia, para relaxar a mente depois de um dia extenuante de trabalho. Quando você descobre sua preferência, acredito que a adesão à prática e a constância são consequentes.

Corra Mais – Quais provas de corrida de rua você indicaria para um iniciante completar seus primeiros 5km?

Paola – Pergunta difícil essa, porque hoje em dia temos muitas provas legais no calendário! Estreia nas corridas é hora de se divertir, não de se preocupar com performance!

Por isso, indicar uma prova depende muito de “quando” essa pessoa quer correr.

Acho bacana também fazer os 5 km em provas que contemplam distâncias mais longas (21 ou 42 km). Sempre me senti extremamente motivada ao ver as pessoas chegando em provas com esse porte! Esporte é energia, é movimento, é vida! Não o torne uma obrigação ou um martírio. Descubra aquela modalidade que te traz paz de espírito e que te conecte consigo mesmo! 

A próxima prova de corrida da Paola será a Meia Maratona de Curita, que acontece no dia 09 de Fevereiro de 2020. A prova de 21K, organizada pela Global Vita Sports, larga da Praça Nossa Senhora de Salete às 6h com chegada na Praça Afonso Botelho. Além da meia maratona, a corrida tem percursos de 5k e 10K que largam às 6h10 da Praça Afonso Botelho e chegam no mesmo local. As inscrições estão abertas em https://ticketagora.com.br/e/meia-maratona-de-curitiba-meia-de-curita-2020-29103