Atletismo

Bora treinar! Curitibano André Bernert perdeu 20 quilos e busca recordes pessoais em maratonas 

Engenheiro agrônomo dá dicas de como manter o foco na busca de “RPs” em provas de longa distância; ele estará na Meia de Curita, 9 de fevereiro

Angelo
Angelo Binder
Bora treinar! Curitibano André Bernert perdeu 20 quilos e busca recordes pessoais em maratonas 
André Bernert na Maratona de Curitiba em novembro de 2019 Foto: Arquivo Pessoal

21 de janeiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 21 de janeiro de 2020 - 00:00

Comando News – O Corra Mais tem um espaço destinado às experiências de corredores. Aqui não importa o nível de treinamento e dificuldade de prova. As boas histórias nos interessam. 

André Bernert é de Curitiba. Ele começou a correr em 2014, pesava 20 quilos a mais que hoje em dia. Quem já viu André correndo nos parques e provas da cidade precisou ser rápido porque ele, com disciplina, tem alcançado seus objetivos e sempre mantém um ritmo incrível durante as provas.  ‘Para mim a corrida representa o meu estilo de vida. É algo que me faz muito bem, não só para a saúde física, mas também para a mental. Não consigo mais imaginar minha vida sem a corrida”, conta o engenheiro agrônomo, que treina com a assessoria esportiva PG Runners, liderada pelo educador físico Danilo Alves. “O André é muito focado e disciplinado. Ele segue as rotinas de treino. Isso possibilitou que ele completasse a Maratona de Curitiba com a marca de 3h15”, ressalta Danilo.

Foco e “RP”

Depois de concluir, e bem, a Maratona de Curitiba de 2019, André já escolheu suas provas alvo para 2020. A principal delas é Maratona de Florianópolis, em junho. Em Santa Catarina ele vai em busca do que os corredores chamam de “RP” (recorde pessoal). Você já deve ter visto esse termo no Instagram de algum amigo seu. Mas antes, em 9 de fevereiro, ele vai participar da Meia de Curita, que esse ano o tema #coragem.

A Meia de Curita será a 36ª prova de André nesses seis anos de corrida. A média dele são seis provas por ano. São poucas, se você pensar que tem corridas todo fim de semana pela cidade. Mas acontece que ele é o tipo de corredor que se prepara, e bem, para os seus desafios, como fez para a Maratona de Curitiba de 2019. 

“Acredito que pra se preparar para uma maratona você não pode pular etapas e ter pressa. Passe primeiro por algumas meias maratona e quando se sentir pronto para o desafio, planeje bem para treinar para a maratona. A caminhada para uma maratona é longa, ainda mais se for a sua primeira pois você precisa ter a mente e o corpo em harmonia e principalmente bem treinados. 

Opte por um acompanhamento profissional da área de educação física, pois essas pessoas vão te orientar muito bem e te mostrar o “caminho” mais rápido para tal. Correr uma maratona é doído, sofrido mas a felicidade e o orgulho de tê-la conquistado não tem preço”, lembra o atleta. 

Quer saber mais?