Brasileirão Série B

Com reforço de Rafinha, Coritiba quer voltar a vencer e quebrar invencibilidade do Cuiabá

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Com reforço de Rafinha, Coritiba quer voltar a vencer e quebrar invencibilidade do Cuiabá
Rafinha reforça o Coritiba na Série B (FOTO: DIVULGAÇÃO/ CORITIBA FC)

25 de maio de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2019 - 00:00

O Coritiba volta a campo no Couto Pereira neste sábado (25), às 11h, pela quinta rodada da Série B. Diante da torcida, o Coxa terá pela frente o Cuiabá, quarto colocado e que ainda não sabe o que é perder na competição. Além de tentar quebrar a invencibilidade do adversário, o Alviverde quer voltar a balançar as redes após dois jogos em jejum de gols.

Nas duas últimas rodadas o Coritiba não marcou gols e desperdiçou cobranças de pênalti. Além disso, a única vitória do time foi na estreia da competição, diante da Ponte Preta.

Coritiba conta com reforço de Rafinha

A principal novidade do Coritiba é a reestreia do meia-atacante Rafinha. O jogador, que já passou pelo Coxa, retornou ao clube para buscar o acesso à primeira divisão. Com a camisa Alviverde, o meia deve aparecer entre os titulares neste sábado. Outra novidade é a volta de Wilson ao posto de batedor oficial de pênalti, após Rodrigão perder duas cobranças em sequência.

Para a entrada do novo reforço, Welinton Junior deve sair do time. Com isso o provável Coxa de Umberto Louzer tem: Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, João Vitor e Giovanni; Patrick Brey, Rafinha e Rodrigão.

Cuiabá encara terceiro paranaense na Série B

Esta é apenas a quinta rodada da Série B, entretanto, este já é o terceiro time paranaense que o Cuiabá enfrenta. No retrospecto, vitória por 2 a 1 sobre o Operário e empate em 1 a 1 com o Paraná Clube.

Para o duelo com o Coxa, o Cuiabá quer manter a invencibilidade. Em quatro jogos foram duas vitórias e dois empates. Neste sábado o provável time de Itamar Schülle conta com: Victor Souza; Toty, Ednei, Edson Borges, Danilo; Jean Patrick, Marino, Alê, Eduardo Ramos; Felipe Marques e Júnior Todinho.