Esportes

Coritiba: Comentaristas analisam a equipe alviverde para o Athletiba

O que o torcedor coxa-branca pode esperar dessa partida? Giovane Vilela e Thiago Lincoln avaliam o atual momento do clube.

Andressa
Andressa Fernandes
Coritiba: Comentaristas analisam a equipe alviverde para o Athletiba
(FOTO: ARQUIVO RICMAIS)

9 de janeiro de 2021 - 12:00

O clássico Athletiba 347 está marcado para este sábado (09), às 19h, no Couto Pereira. Os rivais vivem momentos distintos na competição. Enquanto o Rubro-negro vive um momento de ascensão com três vitórias seguidas, o Alviverde não sabe o que é vencer há nove partidas.

Retrospecto: a dupla se enfrenta há 96 na história, totalizando 346 jogos oficiais. O Verdão conta com 135 vitórias, 100 empates e 111 derrotas. O primeiro jogo aconteceu no dia 08 de junho de 1924, no Campeonato Paranaense. Na oportunidade, a equipe coxa-branca ganhou pelo placar de 6×3.

O que o torcedor coxa-branca pode esperar dessa partida? O portal RICMais Esportes convidou o comentarista Giovane Vilela e o narrador Thiago Lincoln da Rádio Triboleiros (equipe Coritiba) para analisar o atual momento do clube: a chegada do novo treinador, fator clássico e condições de jogo.

Veja a análise de Thiago Lincoln

O Coritiba chega para o Athletiba 347, em um momento péssimo. Nem a pretensa novidade que seria a estreia do técnico Gustavo Morínigo, faz com que a torcida tenha ânimo em esperar um bom resultado. O retrospecto recente do clássico não ajuda e a evidente falta de qualidade do time Alviverde, faz com que este seja um dos Athletibas com a expectativa mais baixa do torcedor coxa-branca dos últimos anos. 

O Coritiba se mostra ser uma equipe que, mesmo quando entra organizada e atacando muito os adversários, peca nas finalizações e se abate com algum gol sofrido. Tenho dito desde o início do campeonato, que o Coxa não tem um time pra sofrer tanto assim, poderia estar melhor na competição, porém as falhas de planejamento e as constantes mudanças técnicas fizeram com que o time esteja virtualmente rebaixado com 10 rodadas de antecedência. 

A expectativa é que o Coritiba inicie o jogo com velocidade e posse de bola, tendo até mais chances que o adversário, como vem acontecendo em todos os jogos recentes. Mas ainda teremos que analisar qual será o efeito do novo treinador na parte psicológica da sua equipe, para que o Coritiba não se perca emocionalmente no decorrer do jogo.

Vale lembrar que o Coxa tem um histórico favorável no confronto Athletiba e, em especial em momentos de apuro, vide 1×0 com gol do Kazim, 1×0 com gol do Nilton, 2×0 com gols de Negueba e Henrique Almeida ou até mesmo o mais distante 3×2 com gol de Marcos Aurélio no último lance. Estas partidas foram disputadas no Couto Pereira em momentos em que o Coritiba se encontrava em apuros no Campeonato Brasileiro. Fica a expectativa de que o sobrenatural que só acontece em clássicos, possa favorecer esta fraca equipe do Coritiba.

Veja a análise de análise Giovane Vilela

O Coritiba vai para mais um clássico pressionadíssimo com a zona de rebaixamento, tendo a chance de enfrentar o Athletico que nos últimos três jogos, teve três vitórias e está em ascensão nessa reta final do Campeonato Brasileiro, enquanto o Coritiba nos seus últimos jogos, não sabe o que é vitória, não conseguiu ao menos um empate e vai muito pressionado com a estreia do Gustavo Murínigo no comando, com estilo diferente de jogo do novo treinador alviverde, mas que encontra velhos problemas. Problemas da antiga gestão, inclusive.

O Coritiba precisa pensar em vencer o clássico, mas sabemos que a chance de se salvar no campeonato é quase impossível. Então, o Coxa deverá jogar mais para cumprir a tabela, mesmo porque o planejamento para este ano começa após o encerramento do Brasileirão.

Uma vitória no clássico é necessária não para tentar evitar o provável rebaixamento, mas principalmente para tentar resgatar a confiança do torcedor alviverde. O confronto deste Campeonato Brasileiro no primeiro turno, teve vitória do rival por 1×0, num jogo em que o Coritiba jogou bem, mas não venceu. Claro que vale lembrar também a grande final do Paranaense onde o Coxa jogou bem as duas partidas, mas levou gols nos acréscimos dos dois duelos e terminou como vice-campeão estadual.

O Coxa precisa da vitória, mais do que nunca, principalmente para que esse jogadores que estão atuando hoje, possam demonstrar respeito com a camisa alviverde 

Coritiba x Athletico ao vivo


Acompanhe a transmissão pelo Facebook da Rádio Triboleiros e no YouTube do RICMais. O lance a lance, você confere pelo Twitter RIC Mais Esportes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.