Campeonatos

Coritiba busca vitória contra Athletico para respirar na luta contra o rebaixamento

Gazeta
Gazeta Esportiva

8 de janeiro de 2021 - 20:00 - Atualizado em 9 de janeiro de 2021 - 00:00

Coritiba e Athletico-PR se enfrentam neste sábado às 19h (de Brasília), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico no estádio Couto Pereira reúne duas equipes em momentos diferentes da competição, mas que precisam da vitória para chegar mais perto de seus objetivos.

O Athletico continua sua reação na competição: o Rubro-Negro paranaense venceu seus três últimos jogos contra Botafogo, Vasco e Red Bull Bragantino. Nessa sequência, a equipe comandada por Paulo Autuori marcou 6 vezes e não levou nenhum gol. O bom momento afastou o Furacão da zona de rebaixamento do Brasileirão e aproximou a equipe da zona de classificação para a Libertadores, com 37 pontos somados.

Do outro lado está o Coritiba, que ocupa a última colocação do campeonato, com 21 pontos somados em 28 jogos. O Coxa conseguiu apenas uma vitória e dois empates em seus últimos 10 jogos pelo Campeonato Brasileiro e busca recuperar o bom momento com uma vitória em casa sobre o grande rival. A diferença da equipe para o Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento, é de sete pontos.

Com apenas 22 gols marcados, o ataque do Coritiba é o pior do Campeonato Brasileiro. A equipe é também a que mais perdeu durante a competição: são 17 derrotas até aqui. O Athletico-PR é a sexta melhor defesa do Brasileirão, com 28 gols sofridos.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X ATHLETICO-PR

Local: estádio Couto Pereira, Curitiba (PR)

Data: 9 de janeiro de 2021, sábado

Hora: 19h00 (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)

VAR: Wagner Reway (PB)

CORITIBA: Wilson, Maílton, Rhodolfo, Sabino e Jonathan; Hugo Moura, Ramón Martínez e Matheus Bueno; Rafinha, Giovanni Augusto e Neilton.

Técnico: Júlio Sérgio

ATHLETICO: Santos, Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian, Léo Cittadini e Carlos Eduardo; Nikão e Renato Kayzer.

Técnico: Paulo Autuori

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.