Bastidores

Corinthians volta a atrasar salários dos jogadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de outubro de 2020 - 12:01 - Atualizado em 13 de outubro de 2020 - 13:30

Em meio a uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, o Corinthians também tenta resolver problemas fora de campo. A Gazeta Esportiva apurou que os atletas do Alvinegro voltaram a ter seus salários atrasados. Desta vez, os vencimentos são referentes aos meses de agosto e setembro.

O Corinthians aponta que os jogadores já sabem quando vão receber os valores pendentes. No momento, a folha salarial do Timão gira em torno de R$ 12,5 milhões.

Esta não é a primeira vez que o clube atrasa salários na temporada. Os pagamentos de abril e maio não ocorreram nas datas previstas. O Alvinegro também chegou a acumular os vencimentos de março, junho e julho, que foram quitados apenas no mês de setembro.

O que viabilizou o pagamento dos três meses em atraso foi a venda do lateral-esquerdo Carlos Augusto ao Monza, da Itália, por de 4 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões na cotação atual).

Agora, havia uma expectativa de que o dinheiro da transferência de Pedrinho pudesse aliviar os cofres. No entanto, o clube tem enfrentado dificuldades para conseguir antecipar os 18 milhões de euros.

Enquanto a diretoria tenta resolver o problema, o elenco do Corinthians passa a ter um novo comandante. O técnico Vagner Mancini foi anunciado na segunda-feira e será o responsável por tentar tirar a equipe da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.