Corinthians

Corinthians troca tudo nas apostas de goleadores do início da temporada

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de dezembro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 25 de dezembro de 2020 - 23:45

Na quinta-feira, Boselli despediu-se do Corinthians por meio de suas redes sociais, sacramentando o seu ciclo no clube do Parque São Jorge. Com a saída de Boselli, o Timão chega a janeiro sem os três centroavantes que iniciaram a temporada sob o comando de Tiago Nunes.

Isso porque o Corinthians iniciou 2019 tendo três opções para o comando de ataque: Vagner Love, Gustagol e Boselli. Os jogadores deixaram o clube em momentos diferentes, evidenciando a transformação do elenco durante a temporada.

O primeiro a se despedir do clube foi Gustagol, emprestado ao Internacional em fevereiro. Em seguida, ele ainda seria vendido ao Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul. Já Vagner Love rescindiu o seu contrato junto ao Timão em junho e acertou sua transferência para o Kairat, do Cazaquistão. Por fim, Boselli viu o seu vínculo junto ao Alvinegro se encerrar no final deste ano.

Por outro lado, o Corinthians acertou o retorno de Jô em junho. O centroavante rescindiu seu contrato junto ao Nagoya Grampus, do Japão, e ficou livre para assinar com o time do Parque São Jorge. No momento, ele é o único camisa 9 de origem no elenco de Vagner Mancini.

Depois de voltar a ser titular e balançar as redes na vitória sobre o Goiás, a tendência é que Jô seja mantido no time que enfrentará o Botafogo, neste domingo, às 16h, no Engenhão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.