Corinthians

Corinthians tem semana livre, desfalque e corrida por reforços para pegar o Sport

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de setembro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 17 de setembro de 2020 - 07:15

O Corinthians vai poder curtir a vitória sobre o Bahia por uma semana. O próximo desafio da equipe é só na quarta-feira, contra o Sport Recife, na Ilha do Retiro.

Depois de encarar dois jogos em seis dias, Dyego Coelho terá mais tempo para organizar seu plano de jogo, corrigir erros e se definir sobre a escalação do time titular.

Uma coisa é certa: o técnico interino não poderá contar com Ângelo Araos. O chileno levou o terceiro cartão amarelo no embate com o Bahia e terá de cumprir suspensão.

Aliás, em Pernambuco, quem entrará em campo pendurado é Fagner, que agora tem dois cartões acumulados.

Gabriel está no sentido oposto. O volante volta à ficar à disposição depois de cumprir suspensão automática.

Ter a semana livre de jogos também será importante para os jogadores que estão no departamento médico.

Luan não entra em campo desde a sétima rodada por causa de um estiramento muscular na coxa direita. Além do meia, Mauro Boselli jogou até a rodada seguinte e saiu de ação depois de torcer o tornozelo.

Michel não pôde ficar no banco de reservas nesta quarta devido a uma pancada que sofrera no confronto com o Fluminense, no Rio de Janeiro, há duas rodadas.

Fora de campo, o clube deve recorrer da decisão do STJD que suspendeu Jô por duas partidas. O centroavante já cumpriu um jogo e o Corinthians avalia entrar com recurso para ter o camisa 77 contra o Sport Recife.

Ou seja, Coelho pode ter cinco novas opções para sua terceira missão desde a saída de Tiago Nunes. Na última vitória, o técnico interino promoveu as estreias dos jovens Xavier e Roni, ambos como titulares.