Bastidores

Corinthians tem segundo melhor índice de faltas no Brasileiro com futebol defensivo e ataque deficiente

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de julho de 2021 - 07:00 - Atualizado em 13 de julho de 2021 - 07:15

Adotando uma postura defensiva no Campeonato Brasileiro, o Corinthians conseguiu trazer segurança na última linha. Ainda que apresente alguns problemas sem a bola, o Timão é a melhor defesa da competição e ainda assim defende a segunda melhor média de faltas cometidas, atrás apenas do Bragantino.

O Corinthians levou apenas oito gols em oito partidas. Além da dificuldade em ser vazado, chama a atenção a objetividade em defender. Segundo os dados do FootStats, a equipe alvinegra tem uma média de 13.55 faltas por jogo – a segunda menor do campeonato. Apenas o Bragantino, com 13.45, comete menos faltas do que o Timão.

O principal destaque do setor defensivo é o zagueiro João Victor. Em sua primeira temporada como titular da equipe, nos últimos 11 jogos, o jovem não foi driblado por um adversário em 10 oportunidades.

Em contra partida, o Corinthians tem o quarto pior ataque da competição – com apenas oito gols anotados: média de um por jogo. A deficiência no ataque resulta em um baixo índice de faltas sofridas – apenas o nono neste aspecto, com 15.09.

Principal arma ofensiva da equipe, Gustavo Mosquito sofre 1.9 faltas por partida. O atacante já foi responsável por sofrer três pênaltis a favor do Timão. Quando o ataque é deficiente, uma alternativa se torna a bola parada e mesmo nesse aspecto o Corinthians encontra dificuldades.

O comandante Sylvinho ganha sua primeira semana livre. Enquanto a defesa é o destaque positivo da competição, o treinador busca arrumar ou potencializar o ataque o quanto antes.

O Corinthians volta a campo somente no próximo sábado, às 19h, quando recebe o Atlético-MG na Neo Química Arena.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.