Corinthians

Corinthians tem indefinição no setor ofensivo para encarar o Grêmio

Gazeta
Gazeta Esportiva

20 de novembro de 2020 - 05:00 - Atualizado em 20 de novembro de 2020 - 14:15

Neste domingo, às 20h30, o Corinthians volta a campo pelo Campeonato Brasileiro, para encarar o Grêmio na Neo Química Arena. Depois de ter muitos desfalques na última rodada, o técnico Vagner Mancini volta a contar com uma indefinição, agora no setor ofensivo da equipe.

O meio-campista Ramiro, que tem atuado mais aberto, pelo lado direito, continua em trabalho com os fisioterapeutas para se recuperar de uma torção no tornozelo, sofrida na última rodada, na derrota para o Atlético-MG. O jogador teve atuação segura na primeira etapa daquela partida e ainda deu assistência para o gol de Matheus Davó.

Sem saber se poderá contar com o camisa 8, a comissão técnica corintiana busca uma opção para atuar na posição. O treinador pode repetir o que fez na escalação do duelo contra o Flamengo, a única partida em que Ramiro não esteve em campo desde que Mancini assumiu o comando técnico do Timão.

Na ocasião, Everaldo e Otero foram os escolhidos para atuar pelas pontas. O primeiro, atuou pelo lado esquerdo, assim como foi na rodada passada. Já o venezuelano, que volta a ficar à disposição depois de servir sua seleção, atuou pela direita e pode atuar assim neste domingo.

Quem corre por fora, oferecendo uma opção de mais velocidade e drible para o setor, é Jonathan Cafú, que fez a sua estreia às pressas na rodada passada, aproveitando o número de desfalques e entrando na segunda etapa. O seu desempenho contra o Galo, entretanto, não chamou muito a atenção e o próprio Mancini declarou que o jogador “não estava no ponto de estrear”.

Na posição de centroavante, Matheus Davó deve receber mais uma oportunidade, emplacando o seu quinto jogo seguido nas ausências de Jô e Boselli.

Para este domingo, Vagner Mancini também terá o retorno do volante Xavier, que cumpriu suspensão na última rodada, e deve voltar como titular na vaga de Gabriel. Ao seu lado, há a dúvida entre Cantillo ou Camacho, para qualificar a construção das jogadas ofensivas da equipe.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.