Corinthians

Corinthians só não perde para Atlético-GO em marca negativa no ataque

Gazeta
Gazeta Esportiva

4 de dezembro de 2020 - 08:00 - Atualizado em 4 de dezembro de 2020 - 23:30

O ataque do Corinthians não vem bem. A equipe marcou apenas uma vez nos últimos três jogos, de pênalti, e aparece apenas em 12º no ranking ofensivo, mesmo sendo, ao lado do Fortaleza, o único time com 24 jogos pelo torneio.

Sem um atacante em grande fase, o maior artilheiro do Timão no campeonato é Jô, com apenas três gols marcados. O Alvinegro é o único time da Série A, ao lado do Atlético-GO, que não tem um jogador com pelo menos quatro tentos nesta altura da competição.

Os atacantes corintianos marcaram apenas dez dos 25 gols da equipe, 40%. Além de Jô, Léo Natel, Everaldo e Davó aparecem com dois, ao lado dos defensores Danilo Avelar, Gil e Fábio Santos.

Araos, Gustavo Mosquito, Luan, Ramiro, Fagner, Vital, Otero, Roni, Mantuan marcaram uma vez e fecham a lista, que também conta com um gol contra do Goiás.

Para piorar o cenário, o Timão ainda não terá seu artilheiro para o próximo jogo. Jô foi expulso contra o Fortaleza e desfalca a equipe no clássico contra o São Paulo, na Neo Química Arena. Mancini terá dez dias para pensar na escalação e cobrar melhoras do sistema ofensivo corintiano.

Confira o artilheiro de cada time no Brasileiro

Athletico-PR: Renato Kayzer (4 gols)*

Atlético-GO: Renato Kayzer (3 gols)*

Atlético-MG: Keno (10 gols)

Bahia: Gilberto (5 gols)

Botafogo: Matheus Babi (6 gols)

Red Bull Bragantino: Claudinho (10 gols)

Ceará: Vina (7 gols)

Corinthians: Jô (3 gols)

Coritiba: Robson (6 gols)

Flamengo: Pedro (10 gols)

Fluminense: Nenê (7 gols)

Fortaleza: Wellington Paulista (6 gols)

Goiás: Vinícius (5 gols)

Grêmio: Pepê (7 gols)

Internacional: Thiago Galhardo (15 gols)

Palmeiras: Luiz Adriano (7 gols)

Santos: Marinho (13 gols)

São Paulo: Luciano (11 gols)

Sport: Maidana (4 gols)

Vasco: Cano (10 gols)

*Kayzer foi do Atlético-GO para  o Athletico-PR no decorrer do campeonato. Fez três gols pelos goianos e quatro pelos paranaenses

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.