Bastidores

Corinthians renova com BMG até 2026 e abre espaço para novo patrocinador máster

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de janeiro de 2021 - 16:09 - Atualizado em 22 de janeiro de 2021 - 23:00

O contrato entre Corinthians e o Banco BMG foi renovado e oficializado pelo clube na tarde dessa sexta-feira.

O antigo vínculo tinha vencimento datado para dezembro de 2023. Agora, a parceria vai até o fim de 2026.

Conforme a Gazeta Esportiva antecipou na primeira semana de janeiro, o Corinthians aproveitou a oportunidade de ter uma janela para reavaliação do contrato neste início de ano e conseguiu costurar um acordo para realocar a logomarca do banco no uniforme da equipe.

A partir de agora, o BMG será exposto na região da clavícula dos jogadores.

Outra novidade é que a exposição da marca também será feita na camisa do time feminino corintiano.

Dessa maneira, o caminho fica aberto para a Neo Química voltar ao uniforme alvinegro como patrocinador máster.

Desde o ano passado, o acordo com a Hypera Pharma, que adquiriu em setembro o naming rights da Arena, está sendo costurado. A formalização deve acontecer em breve e o Corinthians deve receber cerca de R$ 30 milhões por ano.

De janeiro de 2019 até o fim de 2020, o acordo entre Corinthians e BMG era de um repasse fixo de R$ 12 milhões anuais, além de 50% do lucro líquido oriundo do “Meu Corinthians BMG” e do prêmio de R$ 1 milhão a cada 50 mil contas abertas por torcedores.

O clube antecipou R$ 30 milhões no ato da assinatura e a parceria nunca engrenou por diversos problemas relacionado, principalmente, a comunicação da empresa com o público alvo.

O Corinthians avisou que melhorias serão feitas para melhor atender ao torcedor que também é correntista do banco. Os valores seguirão como já estavam, segundo explicação de José Colagrossi Neto, superintendente de marketing do clube, que se manifestou pelo Twitter.

“Uma série de benefícios para os torcedores serão anunciadas nas próximas semanas. BMG deixa de ocupar a posição máster em nossa camisa, mas continua como parceiro importante (…) Nosso acordo comercial com o BMG não muda. Apenas trocamos propriedades e estendemos prazo. BMG foi muito parceiro nosso. O objetivo é gerar um mínimo de 30 milhões de reais de dinheiro novo esse ano (para) aliviar nossa dívida. Segunda-feira, teremos uma camisa diferente”.

O presidente Duilio Monteiro Alves também comentou, em declaração ao site oficial do clube.

“A parceria entre Corinthians e BMG chega a uma nova etapa confirmando a maturidade desse acordo, que é muito importante e bem-vindo para as duas partes. Nessa renovação, banco e clube evoluem para fortalecer tanto a presença do BMG no mercado quanto a competitividade do Corinthians no campo”.

“Com o acordo, focamos em trazer vantagens inéditas e exclusivas para os torcedores do time e que são nossos correntistas, em vez de priorizar apenas a visibilidade da marca. As negociações foram frutíferas e estamos muito contentes em reafirmar a nossa parceria com o Corinthians”, completou Ana Karina Bortoni, CEO do BMG.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.