Corinthians

Corinthians prefere Janderson no Atlético-GO, mas segura definição; entenda o motivo

Gazeta
Gazeta Esportiva

19 de fevereiro de 2021 - 08:00 - Atualizado em 20 de fevereiro de 2021 - 00:00

O Corinthians ainda não tomou uma decisão sobre o que vai fazer com Janderson.

O assunto foi tema de discussão na semana passada entre o técnico Vagner Mancini, seus auxiliares, e a cúpula de futebol, que se concentra no diretor Roberto de Andrade e no gerente Alessandro Nunes.

O Timão pode contar com o retorno do atacante para a temporada 2021 ou renovar o empréstimo dele junto ao Atlético-GO.

O contrato do Corinthians com o jogador de 21 anos – que vai completar 22 anos no próximo dia 26 – tem validade até dezembro de 2023.

A Gazeta Esportiva apurou o motivo da dúvida corintiana e qual é o cenário nesse momento. Entenda:

O que o Corinthians acha melhor

Em conjunto, comissão técnica e dirigentes do Corinthians concordaram que a continuidade de Janderson no Dragão até dezembro seria a melhor escolha, pois, no entendimento deles, daria ao atleta a chance de jogar mais, elevar seu potencial técnico e, consequentemente, amadurecer seu futebol de maneira mais rápida.

O que pensa o Atlético-GO

O Atlético-GO não tem medido esforços para manter Janderson no elenco rubro-negro, já que a revelação corintina, só no Campeonato Brasileiro, marcou três gols, deu cinco assistências, além de 28 passes para finalização de outro companheiro em 31 jogos, sendo 23 deles como titular. Os goianos vão fazer de tudo para Janderson não sair.

O motivo da dúvida corintiana

Em tese, as vontades de Corinthians e Atlético-GO casam e fariam a situação se resolver rapidamente. Entretanto, o clube paulista está receoso em liberar Janderson devido a uma avaliação de que o mercado não oferece tantas opções e também não há uma situação financeira confortável para fazer grandes investimentos.

Outro ponto que está sendo levado em consideração e pode ser determinante para a definição do Corinthians sobre o assunto é o fato do Paulistão permitir uma segunda lista de inscrições.

Como Janderson foi revelado pelas categorias de base do Corinthians e nasceu antes do ano de 2000, o clube poderia inscrevê-lo na Lista B. Isso significa que mesmo diante do eventual retorno de Janderson, Vagner Mancini não teria de abrir mão de nenhuma das 26 vagas reservadas para a Lista A.

Qual é a tendência

O martelo não foi batido. O Corinthians ainda estuda os prós e contras, mas as negociações, nesse momento, estão caminhando no sentido de uma renovação do empréstimo do atacante ao Atlético-GO por mais uma temporada. Essa é a tendência.

O jogador, inclusive, já havia alugado um apartamento para voltar a morar em São Paulo e cancelou esse contrato de aluguel quando soube, por meio do seu empresário, há poucos dias, qual era a avaliação do Corinthians.

Prazo da negociação

A conclusão sobre a situação de Janderson não deve demorar, afinal, o Brasileirão está a duas rodadas de terminar e o Paulistão vai começar no próximo dia 28.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.