Campeonato Paulista

Corinthians paga segunda parcela de Cantillo e acaba com risco de perder o jogador

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de julho de 2020 - 16:33 - Atualizado em 29 de julho de 2020 - 16:45

O Corinthians cumpriu com a promessa e efetuou o pagamento da segunda parcela de Victor Cantillo junto ao Junior Barranquilla. A operação foi feita nesta quarta-feira e confirmada à Gazeta Esportiva pelo diretor financeiro corintiano, Matias Ávila.

Como há a necessidade de conversão da moeda, de real para dólar, o clube colombiano deve liquidar o dinheiro, ou seja, ter a quantia disponível na conta bancária, durante a noite desta quarta, quando o processo será concluído pela instituição financeira.

O Corinthians tinha até sexta-feira para depositar 600 mil dólares (R$ 3 milhões). Portanto, resolveu a questão com pouco mais de dois dias de antecedência.

Desta maneira, o Timão não corre mais riscos de não poder registrar o novo contrato do meio-campista ou até de perder o atleta.

Cantillo firmou vínculo de empréstimo com o Corinthians até o fim deste ano. Com o cumprimento dos pagamentos, o contrato será renovado automaticamente em 2021, desta vez para um acordo em definitivo e com vencimento em dezembro de 2022.

A terceira e última parcela terá o custo de 1,5 milhão de dólares (R$ 7,7 milhões) e deverá ser sanada em julho do ano que vem. No ato da transferência, em janeiro, o clube do Parque São Jorge pagou 900 mil dólares (R$ 3,7 milhões na época).

Ao todo, serão, aproximadamente, R$ 14,5 milhões investidos em 70% dos direitos econômicos de Victor Cantillo, jogador interpretado por Tiago Nunes como peça-chave para o seu planejamento no Corinthians.