Corinthians

Corinthians não conseguiu se impor contra times das Séries C e D; veja números

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de março de 2021 - 07:00 - Atualizado em 27 de março de 2021 - 07:15

O Corinthians precisou sair de São Paulo para encarar duas decisões pela Copa do Brasil e cumprir uma rodada do Campeonato Paulista.

O tour alvinegro longe de Itaquera passou pelas cidades de Salgueiro, no interior de Pernambuco, além de Volta Redonda e Saquarema, ambas no interior do Rio de Janeiro.

Os resultados conquistados foram importantes. O Timão venceu o Salgueiro-PE por 3 a 0 e superou o Retrô-PE nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal. Com isso, o alvinegro se garantiu na terceira fase da Copa do Brasil.

Entre essas duas partidas, o Corinthians fez 1 a 0 no Mirassol e chegou à liderança do Paulistão.

O problema nesse período foi o desempenho. O time comandado por Vagner Mancini enfrentou duas equipes da Série D do Campeonato Brasileiro (Salgueiro e Retrô) e uma equipe que figura na Série C do Brasileiro (Mirassol).

Apesar de viver uma realidade bastante distinta dos três adversários, em todos os sentidos, o Corinthians não conseguiu se impor em campo e correu sérios riscos.

Nos três jogos, os jogadores corintianos acertaram menos passes que seus rivais, ficaram menos tempo com a bola e apenas contra o Salgueiro o Corinthians conseguiu ter mais finalizações. Veja números do Footstats:

Salgueiro – Série D

Passes certos

Salgueiro 288 x 205 Corinthians

Finalizações

Salgueiro 10 x 15 Corinthians

Posse de bola

Salgueiro 56% x 44% Corinthians

Mirassol – Série C

Passes certos

Mirassol 341 x 241 Corinthians

Finalizações

Mirassol 22 x 12 Corinthians

Posse de bola

Mirassol 59,3% x 40,7% Corinthians

Retrô – Série D

Passes certos

Retrô 322 x 162 Corinthians

Finalizações

Retrô 12 x 9 Corinthians

Posse de bola

Retrô 64,41% x 35,59% Corinthians

Apesar dos placares, as atuações aquém do esperado pelo lado do Corinthians fizeram a equipe correr sérios riscos.

Contra o Salgueiro, no primeiro tempo, os paulistas chegaram a ter apenas 30% de posse de bola. Cometeram também 19 faltas, contra cinco do adversário. Isso antes do intervalo.

Diante do Mirassol, a dificuldade em controlar o jogo foi ainda maior. Cássio salvou o time com três defesas cara a cara e ainda pegou um pênalti nos acréscimos do segundo tempo.

Frente ao Retrô, o Corinthians não só jogou mal como não venceu. O alívio veio apenas depois das cobranças de pênaltis.

O técnico Vagner Mancini, em entrevista coletiva concedida nessa sexta-feira, após o Corinthians se classificar sobre o Retrô, falou sobre o momento do time.

“Eu concordo que a gente vinha jogando muito bem, caiu de rendimento, deu uma melhorada, agora caiu de rendimento novamente. Não posso aqui apontar qual é o erro certo, mas é óbvio que alguma coisa tem de ser feita. A gente não pode admitir um jogo num nível tão baixo, onde a gente não conseguiu construir com qualidade, não conseguiu construir pelos lados, em troca de corredores, botando a bola no chão, se impondo, não conseguiu sair jogando, não tivemos chegadas ofensivas com vários jogadores. Tudo isso está sendo visto e o que eu posso dizer ao torcedor e a todos vocês é que nós vamos dar conta do recado. A gente vai ter de mudar alguma coisa, as mudanças vão acontecer, porque é óbvio que eu não estou satisfeito com o que eu estou vendo”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.