Corinthians

Corinthians marca votação das contas, mas conselhos ainda avaliam os documentos

Gazeta
Gazeta Esportiva

19 de fevereiro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 20 de fevereiro de 2021 - 00:00

O Conselho Deliberativo do Corinthians vai se reunir na próxima terça-feira para decidir se aprova ou reprova os balancetes financeiros referentes aos anos de 2019 e 2020.

O órgão também vai votar a proposta de revisão orçamentária de 2021.

Antes dos conselheiros irem às urnas, os pareceres dos Conselhos de Orientação e Fiscal serão lidos e expostos. As matérias, no entanto, ainda sequer passaram por avaliação.

Apesar de não terem poder de decisão, ambos são dotados de alta influência e, normalmente, têm suas sugestões referendadas pelo Conselho Deliberativo.

Aliás, a definição da mesa diretiva do Cori para o triênio 2021-2023 acontecerá também no dia 23, quando serão anunciados presidente, vice-presidente e secretário do grupo.

A grande expectativa está em cima do balancete de 2019, que registrou um déficit de R$ 195 milhões e chegou a ter reprovação sugerida tanto pelo Cori quanto pelo CF.

A votação, no entanto, foi adiada algumas vezes por motivos diversos que envolveram, em suma, a pandemia do coronavírus e o vazamentos de informações.

Agora, com a nova composição dos órgãos, a tendência é de aprovação geral, pois o grupo de apoio ao presidente Duílio Monteiro Alves, mandatário indicado pelo ex-presidente Andrés Sanchez, não só conquistou a mesa diretiva do Conselho Deliberativo como também se tornou maioria absoluta dentro do Conselho de Orientação, do Conselho Fiscal e da Comissão de Ética e Disciplina. Nos três grupos somados, há apenas um integrante da oposição, que está inserido no Cori.

O balancete de 2020, que deve apresentar números bem melhores que o documento de 2019, ainda não foi fechado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.