Atlético-MG

Corinthians e Atlético-MG manifestam-se contra o adiamento de Palmeiras e Flamengo

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de setembro de 2020 - 15:48 - Atualizado em 27 de setembro de 2020 - 16:15

Neste domingo (27) tomado por indecisões acerca da realização ou não da partida entre Palmeiras e Flamengo no Campeonato Brasileiro, Andrés Sanchez e Sergio Sette Câmara, presidentes do Corinthians e do Atlético-MG, respectivamente, foram às suas redes sociais manifestar que são contrários ao adiamento do confronto.

Ambas as postagens falam que os clubes concordaram com o regulamento e seus protocolos, e, portanto, deveria ser respeitado. Sem uma citação direta, Andrés falou que “o maior problema do futebol é quando um clube só pensa nele e em mais nada”, com uma possível referência à atitude do Flamengo em forçar o adiamento. O mandatário corintiano ainda acrescentou declarando que se a partida não ocorrer, que seria melhor paralisar a competição.

Sette Câmara fez a postagem na mesma linha, criticando a decisão da suspensão do duelo ter vindo da Justiça e reafirmando que a lei é para todas, referenciando, assim como o Andrés, a presença de regulamento e protocolos previamente acertados. O mandatário do Galo afirmou que os clubes estariam unidos em defesa dessa posição e, portanto, criticando a atitude do Flamengo.

Há indecisão ainda se a partida ocorrerá ou não. O Palmeiras foi para o Allianz Parque seguindo o protocolo normal, enquanto os flamenguistas chegaram ao local em cima da hora. Neste domingo, o TRT-RJ rejeitou o pedido da CBF de reversão da decisão e, portanto, de confirmação de que haveria o jogo.