Corinthians

Corinthians ainda estuda quem vai subir e Mancini deve convocar novas levas

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de fevereiro de 2021 - 08:00 - Atualizado em 23 de fevereiro de 2021 - 08:15

Vagner Mancini, ainda na Neo Química Arena, logo após o empate com o Vasco, causou certo alvoroço entre torcedores corintianos ao anunciar uma reestruturação no elenco norteada pelo aproveitamento dos jogadores da base do clube.

A expectativa em cima dos atletas que participariam do treinamento junto aos profissionais já nesta segunda foi grande, mas a lista final surpreendeu pela ausência de alguns dos destaques dos times de baixo.

A Gazeta Esportiva apurou que não há qualquer definição sobre o tema. Internamente, a situação é interpretada como momento de observação e oportunidade.

Dos nove jogadores que ‘subiram’ nesta segunda, a princípio, todos devem voltar à rotina de suas categorias nesta terça. Outras levas devem ser convocadas nos próximos dias. Essa programação vai depender de decisões de Mancini e também do que a comissão está preparando para aqueles que já integram o elenco principal.

Há uma convicção de que mais jogadores precisam vivenciar a experiência entre os profissionais, para também serem testados e avaliados. E uma única visita ao CT Joaquim Grava não será determinante para qualquer escolha.

Quinta, dia de treino para quem não for relacionado para a última rodada do Campeonato Brasileiro, e sexta, quando os titulares farão apenas o trabalho regenerativo, são exemplos de dias que a comissão técnica tem uma brecha maior para dar rodagem para mais promessas.

Outro ponto importante é entender que aqueles que estão em condição de entrar na Lista B do Campeonato Paulista devem ter prioridade, isso inclui atletas de 16 anos completos até nascidos em 2000 e com pelo menos um ano de base no clube.

Nesta segunda, Mandaca, Igor Formiga e Igor Morais foram observados por Mancini. O trio, no entanto, caso seja efetivado, teria de entrar na Lista A.

A Lista A tem um limite de 26 inscrições e precisa ser concluída até 9 de abril, diferente da Lista B, que não tem limite de nomes e pode ter jogadores inseridos a qualquer momento.

Portanto, em breve, jogadores como Adson, Reginaldo, Lucas Pires, Pedrinho e outros devem receber suas oportunidades. Mancini também tem sido municiado de informações sobre o desempenho dos jovens no próprio CT da Base.

Há lamentação pela ausência de uma pré-temporada, cenário visto como ideal para fazer todo esse processo. Mas, o clube não vai abrir mão do plano para 2021 e vai continuar acelerando neste sentido.

As definições finais devem acontecer em meio ao Paulistão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.