Esportes

Corinthians aguarda CBF para inscrever Jô e reunião nesta quinta pode liberar atacante para o Derby

Atacante depende de regularização para a reestreia com a camisa do Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva
Corinthians aguarda CBF para inscrever Jô e reunião nesta quinta pode liberar atacante para o Derby
(FOTO: Marcos Ribolli)

9 de julho de 2020 - 05:00 - Atualizado em 9 de julho de 2020 - 10:18

O Corinthians anunciou a contratação de Jô há 22 dias. O jogador já deu entrevista, ganhou até camisa nova e tem treinado com o grupo desde a reapresentação do elenco no CT Joaquim Grava. Só falta o Timão conseguir registrar o centroavante no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol.

No último dia 24 de junho, a CBF comunicou o adiamento da janela de transferências para times brasileiros contratarem atletas do exterior. Normalmente, este período era respeitado entre 1º e 31 de julho.

Em função da pandemia do coronavírus, a instituição preferiu segurar a liberação até que as tratativas com clubes, federações e autoridades governamentais sobre o retorno do futebol no país estivessem alinhadas.

Com a retomada das competições Estaduais e a divulgação oficial da previsão de início do Campeonato Brasileiro para agosto, a expectativa é de que nos próximos dias a janela seja aberta e um novo período para este tipo de transferência seja anunciado pela CBF.

O Corinthians, portanto, aguarda o desdobramento desta questão para registrar seu reforço no BID.

Jô contra o Palmeiras

Como a Gazeta Esportiva antecipou em 17 de junho, o Corinthians ainda vislumbra contar com Jô nas duas últimas rodadas da primeira fase do Campeonato Paulista.

Uma reunião com a Federação Paulista de Futebol nesta quinta-feira deve definir se o atual tricampeão terá esta permissão concedida.

Apesar do regulamento da competição autorizar que apenas os clubes classificados às quartas de final possam mexer na lista de inscritos – neste caso com o máximo de quatro trocas –, será discutido nesta quinta uma flexibilização no texto.

Há um sentimento entre os clubes de que a FPF precisa encontrar uma solução para permitir novas inscrições, já que a paralisação do torneio prorrogou a disputa para um período além do vencimento de diversos contratos.

Ou seja, muitos vínculos entre clubes e jogadores já se encerraram, fato comum principalmente entre as equipes do interior, que em alguns casos chegaram a perder elencos quase que completos. O problema, aliás, foi relatado pelo presidente do Santo André, ainda em março, à Gazeta Esportiva.

Caso a FPF, com a concordância dos clubes da Série A1, decida liberar novas inscrições, o Corinthians poderá se beneficiar e inscrever Jô para jogar ainda nesta primeira fase do Campeonato Paulista.

Resumo

Desta maneira, o Corinthians precisa que a CBF abra a janela para que reforços oriundos do exterior sejam registrados e que a FPF autorize a inscrição de novos jogadores no Paulista. Assim, a utilização de Jô a partir do embate com o Palmeiras, agendado para o dia 22 de julho, daqui a duas semanas, na Arena, dependeria apenas de Tiago Nunes.

Retrospecto recente

Jô não entra em campo desde o dia 7 de dezembro de 2019. Na última temporada, o atacante conviveu com lesões e marcou apenas oito gols em 37 partidas pelo Nagoya Grampus-JAP, seu ex-clube. O ano anterior foi melhor para o brasileiro, que salvou o time do rebaixamento com 24 gols em 37 jogos.

Missão quase impossível

A equipe do Parque São Jorge não vence há seis rodadas no Paulistão, é apenas a 10º colocada na classificação geral, com 11 pontos, só dois pontos a mais que a Ponte Preta, primeiro membro da zona de rebaixamento.

As chances de classificação também são remotas, pois o Guarani já soma 16 pontos e o Bragantino 17 pontos. A Ferroviária fecha o grupo D com os mesmos 11 pontos do Timão. Veja tabela completa aqui!