Campeonato Paulista

Corinthians abre temporada com elenco sustentado pelas revelações da base

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de fevereiro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 28 de fevereiro de 2021 - 07:15

Os jogadores oriundos das categorias de base do Corinthians realmente serão “a base” do Corinthians em 2021. Pelo menos por ora essa é a realidade. E não deve mudar muito, pois a diretoria já deixou claro que contratações só devem acontecer em casos pontuais.

Dos 23 atletas relacionados por Vagner Mancini para a estreia da equipe no Campeonato Paulista, neste domingo, fora de casa, contra o Red Bull Bragantino, 10 foram formados pelo próprio clube. São eles:

Goleiros: Guilherme Castellani e Matheus Donelli

Lateral esquerdo: Lucas Piton

Zagueiro: Raul Gustavo

Volantes: Xavier e Roni

Meias: Gabriel Pereira e Matheus Araújo

Atacantes: Rodrigo Varanda e Cauê

Metade dos inscritos são da base

Dos 28 inscritos para essa rodada de abertura no Estadual, 14, exatamente a metade, passaram pelo “Terrão”, como é carinhosamente chamada a base do Timão.

Nesta lista, além dos 10 citados acima, acrescenta-se os atacantes Felipe, Adson, Vitinho e Jô.

Quem deve entrar

Entre aqueles jogadores que serão inseridos na lista de inscritos para a sequência do Paulistão está Fagner, mais um revelado pelo alvinegro.

O goleiro Caíque França, que pode aumentar esse número, depende da situação de Walter, que está em meio a uma negociação sobre o futuro da sua carreira.

Mais opções sob observação

Mancini ainda terá outras opções para observar e, se quiser, manter no elenco principal para a temporada 2021. Casos dos zagueiros Léo Santos (se recupera de lesão) e João Victor (volta de empréstimo), dos meias Fessin (volta de empréstimo) e Juan Oliveira (se recupera de lesão) e dos atacantes Madson (volta de empréstimo), Marquinhos (se recupera de lesão) e Gustavo Mantuan (se recupera de lesão).

Igor Formiga, atleta do Sub-23, está em observação e deve ter a oportunidade de se tornar o reserva imediato de Fagner. Para o Paulistão, a situação dele ainda está indefinida devido ao limite de vagas na Lista A (26) e pelo fato de Igor não poder ser inscrito na lista B, aquela para garotos entre 16 e 21 anos.

Dispensados vieram de fora

Há jogadores que surgiram na base corintiana e que já foram emprestados porque a comissão técnica abriu mão. Situações de Janderson, Caetano, Matheus Alexandre e Rafael Bilu.

Mas, entre aqueles que estavam defendendo o Corinthians no Campeonato Brasileiro e foram liberados por Mancini neste início de temporada para procurar um novo clube, todos chegaram por meio de contratação. Casos de Michel, Marllon, Éderson, Everaldo, Jonathan Cafú e Matheus Davó.

A palavra de Vagner Mancini

“Esse balanço vai ser feito a partir do momento que a gente tiver oportunidade para observá-los. Já conheço todos, mas há necessidade de você integrá-los para que eles possam mostrar se já estão adaptados, amadurecidos, é um processo que às vezes demora um pouquinho. O mais importante é que a porta está escancarada para eles, e eu espero, sinceramente, que eles aproveitem isso, porque é uma possibilidade muito bacana para que a gente possa mudar um pouco a cara da equipe”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.