Atlético-MG

Conmebol define arbitragem do Choque-Rei pelas quartas de final da Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva
Conmebol define arbitragem do Choque-Rei pelas quartas de final da Libertadores

4 de agosto de 2021 - 23:32 - Atualizado em 5 de agosto de 2021 - 00:00

A Conmebol definiu na noite desta quarta-feira o quadro de arbitragem dos jogos de ida das quartas de final da Libertadores de 2021. Os embates ocorrem entre os dias 10 e 12 de agosto.

O argentino Nestor Pitana ficará responsável por apitar o clássico entre São Paulo e Palmeiras, na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. Ele será auxiliado por Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade, também da Argentina. O chileno Julio Bascuñan ficará no VAR.

Já o duelo do Flamengo com o Olímpia, no Paraguai, será apitado por Fernando Rapallini (ARG). Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG) serão os assistentes. O VAR terá o também argentino Mauro Vigliani,

(Foto: Divulgação/Conmebol)

A partida entre River Plate e Atlético-MG, em Buenos Aires, por sua vez, terá um trio de venezuelanos. Jesus Valenzuela apita e Tulio Moreno e Lubin Torrealba o auxiliam. Já o VAR ficará a cargo de Jhon Ospina, da Colômbia.

Por fim, Alexis Herrera, da Venezuela, será o responsável por comandar o apito do jogo entre Fluminense e Barcelona de Guayaquil, no Maracanã. Carols Lopez (VEN) e Jorge Urrego (VEN) serão os auxiliares. O uruguaio Andres Cunha ficará no VAR.