Esportes

Com São Paulo fora da Copa América, Doria afirma: “Prioridade é conter a pandemia”

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de junho de 2021 - 18:58 - Atualizado em 1 de junho de 2021 - 19:30

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira que entrou em contato com o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, para informar que São Paulo não será uma das sedes da Copa América de 2021, confirmada para ocorrer no Brasil.

Por meio de sua rede social, Doria afirmou que a prioridade é conter a pandemia e que receber partidas no estado poderia amolecer o controle da transmissão da covid-19.

“Comuniquei ao secretário-geral da CBF que São Paulo não deverá sediar a Copa América. Após ampla consulta aos membros do Centro de Contingência concluímos que representaria uma má sinalização do arrefecimento no controle da transmissão do coronavírus. A prioridade é conter a pandemia”, escreveu.

Mais cedo, o governador até chegou a defender a realização da competição continental em São Paulo. Em entrevista coletiva realizada nesta manha, ele disse que não poderia ser incoerente, já que o estado recebe jogos da Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil, além do Estadual, que se encerrou na última semana. Após uma má repercussão, no entanto, ele mudou de ideia.

O ministro Luiz Eduardo Ramos confirmou na noite desta terça-feira que o Brasil sediará a Copa América de 2021. O torneio foi transferido para o país depois das desistências de Colômbia e Argentina.

Até o momento, as sedes confirmadas são Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Goiás.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.