Botafogo

Com Renê Weber no comando, Botafogo encara Cabofriense ainda contrariado

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de junho de 2020 - 18:13 - Atualizado em 27 de junho de 2020 - 18:13

O Botafogo foi, junto do Fluminense, uma das equipes contrárias ao retorno do futebol no Rio de Janeiro. O Alvinegro, porém, teve que se conformar com as decisões da Federação e da Justiça esportiva e entra em campo neste domingo. A maior baixa da equipe será o técnico Paulo Autuori, suspenso por criticar duramente a Ferj. Agora, com Renê Weber no comando, Botafogo encara Cabofriense neste domingo.

A partida será válida pelo complemento da quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Carioca. O duelo será às 11 horas, no Estádio Nilton Santos.

Embora inevitável, a situação segue gerando comentários que refletem a contrariedade da equipe. O elenco retornou aos treinos há apenas uma semana, após mais de 90 dias longe do CT. “Foi uma preparação muito curta, não sabíamos que ficaríamos tanto tempo parado, momento muito delicado, voltar devagar. Mas tenho certeza que vai dar tudo certo”, disse o meia Bruno Nazário à Botafogo TV.

O jogador garante que a equipe vai fazer o melhor possível dentro das circunstâncias. “Não era o momento de estar voltando, mas sabemos como profissionais que quem nos deu aval foi o clube. Nossa vontade é de jogar, treinar, estar aqui no dia a dia. Temos que jogar, esperamos fazer um bom jogo, mas não era o momento”, afirmou.

O Botafogo é o quarto colocado do grupo A da Taça Rio, com 4 pontos. Flamengo, com 12, já está classificado para às semifinais. Boavista (7) e Portuguesa (4) e Bangu (4) disputam a outra vaga com o Alvinegro. As três equipes já entraram em campo na rodada.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.