Atletismo

Com recorde paralímpico, Petrúcio Ferreira é ouro em Tóquio e Washington Júnior fatura bronze

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de agosto de 2021 - 08:31 - Atualizado em 27 de agosto de 2021 - 11:15

Nesta manhã de sexta-feira, o Brasil conquistou duas medalhas no atletismo nas Paralimpíadas de Tóquio. Petrúcio Ferreira faturou o ouro, enquanto Washington Júnior ficou com o bronze nos 100m (T47).

Prata nos Jogos de 2016, o paraibano Petrúcio Ferreira fechou a prova em 10s53 e bateu o recorde paralímpico. Michal Derus, da Polônia, foi o segundo colocado (10s61) e o brasileiro Washington Júnior faturou o bronze (10s68). Lucas Lima terminou na 6ª colocação (11s14).

Nos 100m rasos (T37), Ricardo Gomes de Mendonça (11s52) foi o 5º colocado e Christian Gabriel da Costa (11s55) terminou na 7ª posição. O estadunidense Nick Mayhugh conquistou o ouro: fechou a prova em 10s95, quebrando o recorde mundial.

Já na semifinal dos 400m (T11), Thalita Simplício, com tempo de 57s90, conquistou vaga na final. Jhulia Karol (59s17) terminou na 5ª posição e não se classificou.

Ricardo Costa foi o 6º colocado na final do salto em distância (T11). Já nos 400m (T47), Fernanda Yara da Silva fechou com tempo de 59s91 e garantiu vaga na disputa por medalhas. Por fim, Edneusa Santos de Jesus foi a penúltima na semifinal dos 1.500m (T13).