Esportes

Com novos casos de covid-19 e suspensos, Palmeiras vê lista de desfalques crescer

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de novembro de 2020 - 06:00 - Atualizado em 30 de novembro de 2020 - 00:00

O técnico Abel Ferreira terá mais uma dor de cabeça para escalar o Palmeiras nas próxima partidas pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa Libertadores. Depois da vitória sobre o Athletico-PR, o português viu a lista de desfalques aumentar e terá que alterar novamente a escalação de sua equipe.

Momentos antes da partida deste sábado, o Palmeiras anunciou que Marcos Rocha e Renan testaram positivo para covid-19, já forçando uma alteração na equipe de última hora. Assim do lateral-direito e do jovem zagueiro, o Verdão entrou em campo sem Mayke, suspenso, Raphael Veiga e Willian, com covid-19, e Felipe Melo, Wesley, Luan Silva e Luiz Adriano, entregues ao departamento médico.

Depois que a bola rolou, outros dois atletas passaram a virar ausências para a próxima partida do Brasileiro. Gabriel Menino, que entrou na vaga de Marcos Rocha na lateral-direita, e Danilo levaram o terceiro cartão amarelo e vão cumprir suspensão no clássico contra o Santos, no próximo domingo, na Vila Belmiro.

Ambos seguem à disposição para o duelo no meio de semana, contra o Delfín, no jogo de volta da Libertadores. Contudo, Abel deve pensar alternativas para a lateral-direita e a posição de primeiro volante.

Na vaga de Marcos Rocha e Gabriel Menino, na ala direita, o Verdão terá o retorno imediato de Mayke. Expulso contra o Goiás, o jogador volta de suspensão e deve ser titular na posição. Há ainda a possibilidade do treinador palmeirense escalar Luan, que já atuou na posição algumas vezes, e até variar a equipe taticamente para uma formação com três zagueiros.

Para o lugar de Danilo, o Verdão não tem Ramires, que rescindiu contrato na última sexta-feira. Assim, Abel deve optar pelo recuo de Patrick de Paula novamente, para atuar na função de primeiro volante.

Antes de pensar no clássico contra o Santos, entretanto, a equipe palmeirense tem a cabeça no duelo de volta das oitavas de final da Libertadores, nesta quarta-feira, às 19h15, contra o Delfín no Allianz Parque.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.