Esportes

Com nota 10, Italo Ferreira vence em Portugal e lidera Circuito Mundial

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

26 de outubro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 26 de outubro de 2019 - 00:00

Promovendo uma reviravolta na temporada, Ítalo Ferreira brilhou neste sábado ao vencer a etapa de Portugal do Circuito Mundial de Surf e assumir a liderança do campeonato, desbancando Gabriel Medina. O resultado esquentou a briga pelo título e também pelas vagas olímpicas nos Jogos de Tóquio-2020.

Após cinco dias de ondas fracas em Peniche, a etapa portuguesa foi retomada e já finalizada neste sábado, com as disputas das quartas de final, semifinais e final. Na disputa do título, Ítalo se destacou, com direito a uma nota 10, após belo aéreo em sua primeira onda. O brasileiro acabou levando a melhor sobre o sul-africano Jordy Smith por 18,43 a 6,17.

Ítalo eliminou o australiano Jack Freestone por 18,40 a 16,87, nas quartas de final. Pela mesma fase, Caio Ibelli mandou o paranaense Peterson Crisanto para casa por 12,86 a 11,83. E Filipe Toledo caiu diante do japonês Kanoa Igarashi por 15,24 a 12,26. Na semifinal, Italo venceu Ibelli por 15,43 a 14,86. E Jordy Smith eliminara Kanoa por 15,83 a 12,66.

Medina, que liderava a temporada até esta etapa, foi eliminado nas oitavas de final, em punição aplicada pela organização na bateria contra Caio Ibelli. A eliminação nas oitavas de final tirou a possibilidade de Medina conquistar com uma etapa de antecedência o seu terceiro título mundial.

O título de Ítalo piorou ainda mais a situação de Medina na briga pelo tricampeonato. Agora o bicampeão não depende apenas de si mesmo para ser campeão na etapa final da temporada, em Pipeline, no Havaí. Isso porque Ítalo assumiu a liderança do campeonato, com 51.070 pontos, contra 50.005 de Medina. Jordy Smith ocupa o terceiro posto geral, com 49.985, contra 49.145 de Filipinho, atual quarto colocado.

Com isso, a temporada será decidida mesmo nas ondas do Havaí, entre os dias 8 e 20 de dezembro. Para o Brasil, também estarão em jogo duas vagas olímpicas. Medina, Italo e Filipinho brigam por elas.

No feminino, a brasileira Tatiana Weston-Webb foi eliminada na semifinal pela norte-americana Caroline Marks, que faturou o título ao superar a compatriota Lakey Peterson.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.