Esportes

Com mar ruim, definição do título mundial de surfe é adiada pelo sexto dia

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

18 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 18 de dezembro de 2019 - 00:00

A definição do título mundial de surfe está adiada pela sexta vez. Sem ondas grandes em Pipeline, no Havaí, local da última etapa, a Liga Mundial de Surfe (WSL) esperou por quatro horas, mas reprogramou a decisão para esta quarta-feira, às 14h30 (de Brasília).

Com os brasileiros Ítalo Ferreira e Gabriel Medina e o norte-americano Kolohe Andino na briga, a janela da etapa está ficando apertada, uma vez que vai até o esta sexta-feira.

Nas oitavas de final, Ítalo vai enfrentar o paranaense Peterson Crisanto, enquanto Medina encara o compatriota Caio Ibelli. Andino, por sua vez, pega o francês Michel Bourez. Se os brasileiros avançaram, o norte-americano, mesmo que siga, não terá mais chances de título.

Confira os confrontos de oitavas em Pipeline

1- Ítalo Ferreira (BRA) x Peterson Crisanto (BRA)

2- Yago Dora (BRA) x Julian Wilson (AUS)

3 – Ricardo Christie (NZL) x Jack Freestone (AUS)

4 – Seth Moniz (HAV) x Kelly Slater (EUA)

5 – Gabriel Medina (BRA) x Caio Ibelli (BRA)

6 – John John Florence (HAV) x Soli Bailey (AUS)

7 – Jessé Mendes (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)

8 – Michel Bourez (FRA) x Kolohe Andino (EUA)