Esportes

Cobiçado, Menino mantém foco no Palmeiras e sonha defender Seleção Olímpica com Patrick

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de agosto de 2020 - 12:30 - Atualizado em 28 de agosto de 2020 - 12:45

Ganhador do Campeonato Paulista e dono de uma vaga no time titular, Gabriel Menino é um dos expoentes da nova geração do Palmeiras. Com apenas 19 anos, já cobiçado por clubes estrangeiros, o meio-campista mantém o foco no presente e sonha com a possibilidade de defender a Seleção Olímpica ao lado do amigo Patrick de Paula.

“A gente sempre pensa em jogar fora, chegar à Seleção Brasileira, conquistar títulos pelo Palmeiras, mas essas coisas são passo a passo”, pontuou o jovem volante, já sondado por clubes do continente europeu, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Captado pelo Palmeiras em 2017, Gabriel Menino passou de forma bem-sucedida pelas categorias de base e, no último mês de março, renovou contrato até o final de 2024. Recentemente, o clube aumentou sua participação e passou a reunir 80% dos direitos econômicos do volante, já que o restante pertence ao Guarani, time de origem.

Parceiro de Patrick de Paula desde as categorias de base, Gabriel Menino sonha com a possibilidade de defender a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021 em função da pandemia de covid-19. De preferência, ao lado do amigo, mais um jovem palmeirense já cobiçado por clubes do exterior.

Gazeta Esportiva – Você estreou pelo time profissional do Palmeiras em janeiro, contra o Atlético Nacional, pela Florida Cup. Pouco mais de sete meses depois, já é campeão paulista e titular. Como tem sido lidar com tudo que vem acontecendo na sua carreira? 

Gabriel Menino – Tenho tentado lidar com naturalidade. É claro que foi tudo muito rápido, mas eu me preparei para isso. Desde a base, sonhava com esse momento e sabia que, quando ele chegasse, teria que dar meu máximo para aproveitar. A gente sabe que ninguém é titular absoluto, pois o elenco é muito qualificado. Então, temos sempre que nos dedicar e buscar melhorar para manter o alto nível de exigência.

Gazeta Esportiva – Você foi um dos protagonistas do título paulista e, com apenas 19 partidas pelo time principal, já vem despertando interesse de clubes estrangeiros. Quais são seus planos para o futuro? A ideia é permanecer no Palmeiras ou a possibilidade de sair para jogar no exterior é algo que te agrada?

Gabriel Menino – Eu procuro pensar no momento e, esse tipo de situação, deixo para o pessoal que cuida da minha carreira e para o clube. Estou muito feliz no Palmeiras e vivendo um momento especial, com título, minha primeira Libertadores e, agora, o primeiro Campeonato Brasileiro. Minha cabeça tem que estar totalmente focada nisso para fazer o meu melhor.

Gazeta Esportiva – Sei que você tem o capitão Felipe Melo como espelho e imagino que também converse bastante com o Vanderlei Luxemburgo. Com toda a experiencia que eles têm, deram algum conselho em relação ao seu momento atual de carreira, ainda no início, mas bem promissor?

Gabriel Menino – Eles sempre passam para pensar no momento e fazer o melhor. O futuro, se eu fizer bem-feito agora, certamente vai me reservar coisas boas. A gente sempre pensa em jogar fora, chegar à Seleção Brasileira, conquistar títulos pelo Palmeiras, mas essas coisas são passo a passo. E elas só vão acontecer se tiver a cabeça no lugar e fazer o meu melhor no presente.

Gazeta Esportiva – O Patrick de Paula disse que tem o sonho de jogar pela Seleção Brasileira. Vocês dois foram campeões na base e, logo de cara, ganharam o Paulista como titulares do Palmeiras. Já imaginou como seria repetir essa parceria pela Seleção?

Gabriel Menino – É algo que a gente também conversa, principalmente sobre Seleção Olímpica, que é hoje mais real para nós. Temos idade e, com certeza, fazendo o melhor no Palmeiras, vamos ter oportunidades lá também. O adiamento das Olimpíadas nos proporcionou essa possibilidade e temos que aproveitar. Eu pude defender o Brasil na base em competições e sei o quanto é importante e motivo de enorme satisfação esse momento na carreira de um atleta.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.