Bastidores

COB anuncia novas medidas para proteção dos atletas olímpicos brasileiros

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de abril de 2021 - 20:38 - Atualizado em 14 de abril de 2021 - 21:00

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) divulgou medidas de preparação para proteger os atletas brasileiros. Eles se preparam para competir nas Olimpíadas de Tóquio, que foram adiadas em 2020.

Segundo a instituição, “os atletas classificados para os Jogos Olímpicos ou com chances de conquistar uma vaga em Tóquio têm recebido atenção especial do COB e das confederações”. O COB disponibilizou um centro de treinamento na Barra da Tijuca que vem sendo usado pelos representantes do país.

“Temos um enorme desafio pela frente. Inicialmente, estruturamos o nosso planejamento para Tóquio pensando na melhor adaptação dos atletas ao clima, ao fuso horário e à alimentação. Mas a pandemia exigiu que, além desses aspectos, nós tivéssemos atenção redobrada à saúde dos atletas, buscando reduzir os riscos de contaminação pela covid. Mesmo assim, tenho certeza que estaremos prontos no dia 23 de julho”, declarou Marco La Porta, vice-presidente do COB.

Nove contêineres repletos de equipamentos serão enviados ainda em abril para as bases do Time Brasil no Japão, em Chiba, Chuo, Enoshima, Hamamatsu, Koto, Miyagase, Ota, Sagamihara e Saitama.

O COB também revelou algumas medidas de prevenção à covid-19. Dentre elas estão a realização obrigatória de exames clínicos e laboratoriais antes do embarque ao Japão, a restrição a oficiais que integrem o grupo de risco e a criação de uma comissão médica, com a presença de infectologistas, que discute diariamente questões relativas ao coronavírus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.