Bastidores

Chapa “Resgate Tricolor” adia definição de candidato à presidência do São Paulo

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de julho de 2020 - 18:29 - Atualizado em 30 de julho de 2020 - 19:00

A chapa “Resgate Tricolor” adiou a definição do candidato à presidência do São Paulo para o dia 15 de agosto. Inicialmente, haveria a escolha de quem concorreria ao pleito no dia 8 do mesmo mês, data da final do Campeonato Paulista. A mudança aconteceu pelo fato de o governo do estado ter decretado uma nova quarentena até o dia 10 de agosto.

A data inicial havia sido marcada antes da eliminação do São Paulo no Campeonato Paulista. Ou seja, poderia haver definição do candidato à presidência pela chapa “Resgate Tricolor” justamente no dia em que o clube disputaria a decisão do Estadual.

Marco Aurélio Cunha, Roberto Natel e Sylvio de Barros disputam a candidatura à presidência do São Paulo pela chapa “Resgate Tricolor”, que irá rivalizar com a chapa “Juntos pelo São Paulo”, que já definiu há algum tempo Julio Casares como candidato à presidência e Olten Ayres Jr como candidato à presidência do Conselho Deliberativo.

Por enquanto, pela chapa “Resgate Tricolor” apenas o candidato à presidência do Conselho Deliberativo está definido. Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa, filho do ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa, foi o escolhido.

As eleições do Conselho Deliberativo acontecerão em novembro. Já as eleições presidenciais estão marcadas para dezembro deste ano.