Bastidores

Chamusca vê Botafogo superior ao Boavista no empate pelo Carioca

Gazeta
Gazeta Esportiva

4 de março de 2021 - 18:51 - Atualizado em 4 de março de 2021 - 19:15

A estreia do técnico Marcelo Chamusca no comando do Botafogo foi em um empate sem gols diante do Boavista. Na estreia de ambos no Campeonato Carioca, chances de gol foram criadas, mas a trave e os goleiros impediram a rede de balançar.

Após a partida desta quarta-feira no Engenhão, Chamusca se disse insatisfeito com o resultado que considerou injusto. Para o técnico alvinegro, sua equipe merecia melhor sorte.

“Fomos muito superiores ao adversário. Tivemos mais posse de bola e foram 17 finalizações contra apenas seis. O Botafogo buscou muito mais a vitória do que o Boavista, que jogou por um bola e travou o jogo desde o começo, com os jogadores caindo toda hora pedindo atendimento. Não saio satisfeito com o resultado, muito pelo contrário”, disparou Chamusca.

O treinador do Glorioso admite, entretanto, que o time precisa de ajustes.

“Tem alguns conceitos que podemos melhorar, como circular mais rápido a bola entre os corredores, sofremos ainda muito também no perde e pressiona, ter um comportamento reativo mais rápido para tentar recuperar a bola no campo do adversário. Podemos também ter algumas combinações por ter dois homens fortes no corredor central, que são Babi e Nazário”, avaliou.

Chamusca terá alguns dias para preparar melhor a equipe para a próxima partida. Pela segunda rodada do Carioca, o Botafogo vai enfrentar o Resende só na noite de domingo, novamente no Nilton Santos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.