Corinthians

Cazares pode ser o segundo equatoriano a vestir a camisa do Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de setembro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 22 de setembro de 2020 - 07:15

O Corinthians trabalha para concretizar a contratação de Juan Cazares, do Atlético-MG. Caso a negociação tenha desfecho positivo para o Timão, o jogador de 28 anos será o segundo equatoriano a vestir alvinegra em pouco mais de 110 anos de história.

O primeiro foi o meia Junior Sornoza, contratado no início de 2019 junto ao Fluminense. Depois de apenas uma temporada pelo clube do Parque São Jorge, o ex-camisa 7 foi liberado por empréstimo à LDU (Liga Deportiva Universitária de Quito), do Equador, em janeiro deste ano.

Ao todo, atletas de 19 nacionalidades passaram pelo Corinthians. O Timão já teve 13 argentinos, oito paraguaios, sete uruguaios, cinco chilenos, dois colombianos, dois libaneses, dois peruanos, dois portugueses, um sul-africano, um boliviano, um chinês, um equatoriano, um espanhol, um húngaro, um italiano, um inglês, um japonês, um turco, um polonês e um venezuelano.

Atualmente, o elenco alvinegro conta com cinco estrangeiros: o zagueiro uruguaio Bruno Mendéz, o volante colombiano Victor Cantillo, o meia chileno Ángelo Araos, o atacante argentino Mauro Boselli e, mais recentemente, Rómulo Otero, companheiro de Cazares no Galo e primeiro venezuelano da história do Corinthians.

A Gazeta Esportiva apurou que a oferta do Timão pelo equatoriano consiste em um empréstimo gratuito até o final do ano, momento em que o vínculo do meia com o Atlético-MG se encerrará. O contrato proposto e já aceito pelo atleta é de dois anos a partir de janeiro.

Cazares também aceitou reduzir seu salário em relação ao que ganha atualmente em Belo Horizonte. Agora, os dirigentes corintianos esperam que jogador se acerte com o Galo, a única parte que ainda pode melar a transferência.